Categorias
Quadrinhos

Meu primeiro gibi digital pago não foi eu quem pagou

No final do ano passado me rendi e finalmente comprei um iPad… Ainda estou pagando, e é a versão tijolo, velho e pesado… como sempre acontece anualmente com todos os produtos da Apple. Não vou discutir isso hoje… Hoje não, só queria dar o exemplo de plataforma que utilizo. Com isso claro vos digo que leio gibis no iPad, e hoje é praticamente só leio ali.

Demorei um pouco para acreditar que o iPad seria uma plataforma agradável para se ler gibis digitais, até então minhas experiências com isso eram as versões em flash oferecidas pela Marvel Comics.

Isso sem falar o custo, o preço dos gibis digitais normalmente são os mesmos do impresso, ou seja, saia seis por meia dúzia mesmo… E nem estou falando de consciência ambiental nem nada! Primeiro: gibis digitais PRECISAM ser mais baratos. Segundo: gibis digitais DEVEM ser mais baratos…

Com isso na cabeça demorei muito para instalar os aplicativos das editoras. Até que um belo dia resolvi ver pelo menos a cara dos tais aplicativos grátis com conteúdo pago! Inicialmente fui atrás de um gibi de World of Warcraft e Starcraft 2. Os gibis eram grátis, o aplicativo também… Mas qualquer coisa fora disso era paga! E por se tratar de uma promoção por tempo limitado, saí correndo para baixar a bagaça…

Neste caso específico tive que baixar o péssimo Crytozoic, a interface é lenta e só possui gibis Top Cow e licenças da Blizzard, da interface ruim ler os gibis na cama sem ter a necessidade de uma luzinha para iluminar a leitura foi prazerosamente estranho.

Resolvi que iria dar uma chance para as grandes editoras: Marvel, DC e Dark Horse… testei todos sempre procurando por gibis grátis! E nisso, uma parte boa pelo menos, todas as editoras te dão a “amostra“… mas não procure por lançamentos, só a DC Comics está fazendo isso com o The New 52!

Surpreendentemente a Dark Horse tem um aplicativo próprio e ruim… a surpresa ficou por conta da qualidade dos gibis grátis oferecidos… edições de Hellboy, Star Wars: Knights of the Old Repulic, Star Wars: The Clone Wars, Mass Effect (do jogo mesmo) e meu atual vício: The Umbrella Academy com The Murder Magician e Apocalypse Suit. Não são sagas completas… são só aperitivos, normalmente a primeira edição. Mas todos foram bem legais de ler… mesmo sem saber a continuação.

Quanto a Marvel e a DC outra surpresa: as duas empresas tem aplicativos iguais, só mudam os gibis mesmo… o bom disso é que a empresa que disponibiliza o aplicativo para as editoras também tem seu aplicativo onde ele mistura tudo! Marvel, DC e um monte de outras editoras menores sedentas para que você leia os seu gibi digital… chega ao absurdo de haver até cópias em português!

O aplicativo referido acima é o Comixology ainda está longe de ser um ótimo aplicativo, mas por ele agregar bastante coisa… mesmo puxando a sardinha para o lada da DC Comics… é uma boa opção para quem quer centralizar sua leitura de gibi digital em um só lugar… só que isso é algo que não recomendo.

Ultimate Spider-Man #00 no iPad - Meu primeiro gibi digital pago não foi eu quem pagou!

Por exemplo, viram o novo Homem-Aranha do universo Ultimate da Marvel? Bacana né? Tá de graça no aplicativo da Marvel

Quanto à ousadia da DC Comics em lançar seus gibis impressos junto aos digitais só posso aplaudir a iniciativa eco-econômica… Não estou falando para jogar fora os impressos… mas que o mercado irá migrar para o seguimento digital, ah, isso vai. Sem dor de cabeça com impressão e distribuição. Para o Brasil seria perfeito: você compraria e leria online enquanto espera confortavelmente seu gibi favorito ser impresso e encaminhado para sua casa.

É claro que a história de distribuição não é tão simples, mas, podemos sonhar.

Ainda falando da DC, ela fez uma promoção recentemente com o especial Flashpoint, vendendo a cópia digital por apenas US$ 0,99. Se eu aproveitei? Claro que não! Se aproveitaram para me trollar? Claro que sim.

Aplicativo da DC Comics para iPad - Meu primeiro gibi digital pago não foi eu quem pagou!

O Nosso Amigo Chewbabaca Jr. me enviou um presente como gibi digital, na verdade é uma ótima maneira de presentear fãs. Mas não façam como ele, mandem gibis da Marvel pelo menos… não da DC… cruzes… e ainda por cima é o Flashpoint #1.

Vou me pregar na cruz e jogar o joguinho dos pôneis malditos e depois volto…

Por Rodrigo Castro

Guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia. Também é leitor de gibi e jogador profissional de videogames no easy.

4 respostas em “Meu primeiro gibi digital pago não foi eu quem pagou”

kkkkk Eu não tinha lido este post ainda e terminei questionando você em outro post mais recente sobre hq digital. Mas vc já respondeu basicamente por aqui.
Minha dúvida era sobre o quão prático um tablet é para ler hq digital.
Tenho Crise nas Infinitas Terras #1 (gratis no Comixology) no app do smartphone e é até interessante, mas no PC fica muito chato, pq gosto de ler deitado… Será que este será o grande motivo pelo qual eu vou aderir ao uso dos tablets? Sempre torci o nariz para eles.

E vou ter que concordar com o Flashpoint #1. Não consegui até agora passar da terceira página. Cruzes³!
Vc mereceu! >=)

Olha, para leitura no geral o tablet é muito mais simples do que qualquer mídia impressa, afinal você pode levar seus livros e gibis favoritos para qualquer lugar… e ler sem precisar da luizinha ruleia! XD

Não mereci não…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.