Arquivo da Tag: pensamento

Família

familia

Farofeiros, farofeiras, papai, mamãe e titia,

Família, fácil fazer, difícil manter. Aliás fazer uma família é a parte mais gostosa do relacionamento, depois disso tudo é circulado com uma caneta verde florescente com aroma de vômito azedo. Além disso algumas famílias possuem mais gente do que deveria, outra tem mais, mas o universo trata de equilibrar as coisas nem que seja por um tempo. Algumas famílias tem mais meninos, outras tem mais meninas, outras famílias são bonitas, outras são feias, mas todos são família.

Não acredito no conceito de família ser apenas pai, mãe e filhos, se ater a essa visão é retrograda e mesquinha, desvalorizando quem é próximo e não tem um laço registrado em cartório.

O fator importante que quero abordar no momento é o inicio, amigos tem exibido famílias lindas e eles às tem aumentado de maneira espetacularmente bonita, aquele medo de colocar um filho em um mundo apocalíptico se esvai ao ver essas pequenas formas de vida que esse povo tem feito por aí. São coisas que gritam, saem correndo, vazam e mesmo assim vocês ficam apaixonados e grudados com eles pelo resto da vida.

Fico pensando nos gastos, na quantidade de noites mal dormidas e na quantidade de cerveja que deixarei de tomar. Penso nos filmes que deixarei de assistir e quanto eu estarei neste blog falando de fraldas, papinhas e os diferentes tipos de fezes que um ser humano em miniatura poderia produzir dentro de um período de três horas se alimentando apenas de leite. Posso pensar também do cheiro do charuto cubano que poderei fumar uma unica vez, obviamente longe da minha digníssima esposa, este momento será bom mas acredito que demorarei uns vinte anos para repetir tal ato.

Sei que existe uma idade biológica que os hormônios gritam pela procriação, a necessidade de espalhar minha semente genética pelo mundo sempre se mostra presente na vida de todos os seres viventes, plantas inclusive, todos querem procriar, todos querem liberar sua sementinha em pessoas da mesma igreja, do trabalho, do prédio, do banheiro, do quarto e alguns doidos querem fazer isso até com seres de outros países ou de outras espécies. É nojento mas todo mundo vira os olhinhos nessa hora.

Mas assim é a vida antes que a morte chegue e estou decidido, trarei ao mundo um rebento meu o mais rápido possível.

Pensamento do Dia: “Batiminha do meu coração, se você aparecer na hora errada vou te bater de montão” – Coringa coringando.


Com quem andas?

amigos

Farofeiros e farofeiras,

Quem é seu amigo? Você sabe mesmo escolhe-los ou normalmente é escolhido? Onde você comprou essa bota?

Estes são questionamentos normais feitos por quem lhe considera e se indaga pelas suas companhias, seus amigos, seus colegas. Normalmente deveriam ser pessoas com gostos e objetivos parecidos com os seus. Já falei muito de amigos aqui, falei de ex-amigos, de compadres e companheiros, mas sempre sou surpreendido.

Novas pessoas surgem em sua vida, outras somem em momentos importantes. As vezes você não precisa de dinheiro, um braço forte para carregar o seu piado de herança da sua tia-avó, as vezes você só precisa de uma pessoa para trocar meia dúzia de palavras sinceramente. E nessa hora é que aparecem os oportunistas e os amigos de verdade somem.

São nessas idas e vindas (aham) que vemos quem realmente se importa com você e quem na verdade só quer tirar algum proveito do relacionamento. Entenda que não são duas raças diferentes de decaídos, são todos oportunistas querendo saber como poderá sair ganhando de alguma forma às suas custas, e não tal lucro não advém apenas de bens materiais ou finanças.

As pessoas mesquinhas normalmente se apropriam da fragilidade do amigo para que a necessidade do amigo necessitado se torne um escravo emocionando, esclarecendo tal ideia acho que o melhor exemplo é uma relação vampiresca onde alguém acaba sugando o sangue do outro sem nada em troca. É um pensamento constante, por isso que no decorrer dos anos eu volto ao mesmo assunto pois é indescritível a cretinice humana em renegar ajuda e ainda jorrar todo seu egocentrismo e oportunismo.

Independente da origem da fraqueza da pessoa, se aproveitar qualquer pessoa se aproveitar disto é terrível, se isso partir de um amigo chega a ser nojento e acaba mostrando a real face da pessoa, banhada em egoísmo e um suposto amor próprio que gira apenas ao redor do próprio umbigo.

Ser amigo apenas quando convém é simples, ser um amigo em um momento oportuno também é fácil. Quero ver ter peito de enfrentar um problema difícil ao lado do amigo e ainda ter coragem de dizer que independente do resultado tudo dará certo.

Qual o sentido de deixar um amigo que sofre sem o sangue é o mistério da semana, afinal em breve teremos novos mistérios.

Pensamento do Dia:Homem ao maaaaaaar


História

historia

Farofeiros e farofeiras,

Hoje não falarei de uma história, não será uma história, não será uma novela, nem uma história em quadrinhos, nem um livro, nem sobre uma série televisiva.

Não é a história que tem apenas uma lição, não é a história que tem um final feliz certo, nem é a história que você vai gostar do incio ao fim. Acredito que você até pode gostar de alguns capítulos, acredito também que em certos momentos você irá largar tal história como um livro chato escrito para conseguir algum sucesso por abordar algum tema famoso no momento, seja sexo em cinquenta tons seja o evangelho perdido de um apóstolo inexistente.

Por vezes a história pode parar, algumas vezes ela acaba sem motivo aparente. Confirmo que as vezes tudo parecerá um dramalhão mexicano, mas outras vezes pode se parecer uma comédia pastelão mexicana também. Aparentemente as vezes parece que o importante é ser mexicano e ser bem pior do que você pode imaginar.

A história normalmente te dá diversas opções interessantes, as vezes você faz a merda de escolher algo errado e com certeza pagará por isso, mas as vezes você pode escolher errado e dar tudo certo e é aí que a história fica interessante para todos, tanto para o leitor como para o personagem. Aventura, romance, suspense, não importa o gênero preferido pela sua massa cinzenta, ela pode ser realmente atraente e divertida de uma forma que você nunca esperou.

É verdade que não podemos saber quando este momento ocorrerá e se um dia existirá, não há como saber a hora, o lugar e nem se ocorrerá mais de uma vez, mas a questão que gostaria de amarrar é, na sua história você está preparado para o clímax dela? Sei que sua história pode ser triste, sei que pode ser alegre, sei que pode ser uma história onde você acorda com seu colega de quarto pulando em cima de você ao chegar da balada como se estivesse usado drogas pesadas para aguentar uma noite inteira de funk enquanto você tentava dormir. Nesta situação você dá risada? Xinga o amigo? Pede desculpas por não gostar de funk?

Qual história você gostaria de contar para os outros? A da dor que você sente ou da alegria?

Sei que cada um tem sua história, cada um enfia a trama que quiser onde quiser, mas você tem certeza de estar sendo um bom personagem para você mesmo?

Pensamento do Dia:Esta caneca foi honestamente roubada” – lembrança que ganhei de uma pessoa duvidável.


Renascimento

renascimento

Farofeiros e farofeiras,

Tudo morre.

Gralhas morrem, crianças morrem, pen drives morrem. Esse é o ciclo natural das coisas, tudo que começa acaba e tudo que acaba pode ser o inicio de um novo começo. Na física, astrofísica, espiritismo e reciclagem é sempre fácil perceber essas nuances que acabam no derradeiro e inevitável fim.

Mas existe o fato de que todos somos derivados de detritos estelares de elementos criados por fusões nucleares a milhares de anos e a milhares de anos luz que culminaram para formar cada célula do que hoje você conhece como você. Se você imaginar tamanha viagem e o que as moléculas do seu corpo passaram para chegar neste momento chamado “você” é incalculável quantas vezes as mesmas moléculas viveram e derradeiramente morreram.

A questão é que a morte é efêmera mesmo que você deixe de existir neste momento, suas moléculas existiram para sempre o que não deixa de ser uma existência efetivamente eterna sem basear-se em magia ou qualquer religião. Morro e nasço  de março a março, simplesmente para repetir tudo novamente, nasço cresço, morro e simplesmente revivo apenas para aprender com meus erros e reviver meus acertos.

Em suma para existir vida é necessário que algo morra, para que algo morra é preciso existir dor, para que haja dor uma nova vida precisa ser gerada. Uma vida nova, mas dependente da anterior. É fácil entender como algo velho pode ser restaurado ou transmutado em algo novo, renovado, renascido para uma nova era para uma nova função. Assim é tudo. Assim acontece com a série de televisão favorita e é assim que acontece com o sentimento mais bonito que você já sentiu.

O renascimento pode ser dolorido, complicado, demorado, mas ocorre. Pode não ser da forma que você deseja, pode não ser um parto natural, mas se existe a possibilidade do renascimento é possível sim que você consiga novamente o que queria, do jeito que gostaria. Afinal a vida é uma probabilidade, pode demorar algumas centenas de milhares de anos mas as moléculas de hidrogênio que estão na sua mão hoje estarão na mão de outro ser vivo, não podemos precisar o tempo que isso irá demorar mas irá acontecer, assim como o ar que você respira já este nos pulmões de seus heróis e mártires. Dos seus inimigos também.

Não é preciso lágrimas em um túmulo, nem luto, nada realmente morre, tudo resnasce. Assim como a morte a vida é inevitável, ela acontece.

Pensamento do Dia:Vê se não faz merda agora! Hehehe” – Papa Tim Bricius III


Coragem

coragem.jpg

Farofeiros e farofeiras,

Tudo morre, e dito isto aceito que por causas naturais algo possa chegar ao fim, o que não aceito e não posso permitir que aconteça é que algo morra prematuramente por causas não naturais.

Quando causas oriundas de qualquer direção afetam o curso natural algo é necessário coragem para tomar uma atitude, agir e colocar tudo de volta ao curso natural ou então se deixar abater e seguir para a direção que esta causa desejar, sem influencia alguma sua. Me considero uma pessoa inteligente, mas persisto demais em algumas coisas que outras pessoas largariam no começo justamente por ser mais fácil não lutar e deixar a correnteza te levar.

O destino final pode ser bom, pode ser ruim, pode ser longe, pode ser perto de onde você queria chegar, mas nunca efetivamente será onde você gostaria de estar mesmo. Lembro-me do jogo Chrono Trigger, um jogo interessante por ser um dos poucos de fornecer treze finais diferentes, cada um influenciado por uma decisão importante durante sua jornada. Conheço pessoas que fizeram todos os finais para compara-los e escolher o melhor, eu mesmo zerei duas vezes em fases diferentes de minha vida, sem guias e sem ideias pré concebidas, coincidentemente as duas vezes cheguei ao mesmo final. Independente do que passei ou da minha maturidade eu fiz as mesmas escolhas de quando joguei a primeira vez, a diferença deve chegar aos quinze anos.

As pessoas se surpreendem com minha insistência, mas sempre me pergunto, como não ser insistente com algo que se quer? Com algo que se ama? Como você deixaria de ajudar um amigo querido? Como você largaria o emprego dos sonhos? Sou teimoso com o que gosto, posso até mudar de opinião mas luto com coragem por aquilo que quero, sangro pelos meus desejos, mas até uma hora o sangue se esgota. Aí a unica opção é sofrer uma transfusão de sangue enquanto relaxa em cima de uma boia na piscina de corredeiras de algum parque aquático do interior de São Paulo.

Uns somem, bloqueiam, aparecem do nada, sendo que tudo poderia se resolver muito mais facilmente e menos dolorosamente para todos simplesmente fazendo o natural, seguindo o seu desejo e largando qualquer opinião escusa ao seu gosto para simplesmente ser feliz do jeito que você quer, não do jeito que querem que você seja.

Pensamento do Dia: “Não confunda minha bondade com fraqueza.” – Al Capone


Ansiedade

ansiedade.jpg

Farofeiros e farofeiras,

Sou um monstro com um monstro dentro de mim. Um ser totalmente diferente de mim que cresce e fica bem nervoso, neste momento me torno este ser que tomado por uma avalanche de pensamentos obscuros acaba surtando e ferindo quem está próximo. Esses pensamentos obscuros são sempre contra mim, nunca é algo positivo e, apesar de acertar na maioria das vezes, nem sempre tal pensamento é algo construtivamente real.

Gostaria de ser o tipo de pessoa que pensa pouco, que planeja pouco ou que até mesmo haja menos instintivamente, mesmo que isso tenha me salvado algumas vezes parece que ser como sou é bem pior do que ser uma pessoa ignorante que simplesmente ignora aspectos da vida cotidiana. Ignorância é um bênção apenas para aqueles com a mente afiada e o coração aberto.

Acabo por vezes experimentando casos da chamada dilatação do tempo, fato cientificamente comprovado, porém pouco se sabe dele. Quando determinadas substâncias atingem o córtex o nosso organismo e cérebro tenta reagir mais rapidamente que o normal, é, por exemplo, o que acontece quando as pessoas dizem que sua vida passa na frente de seus olhos em uma situação de perigo, isso é o cérebro procurando soluções para sair dessa situação o mais rápido possível. Quando essa situação é prolongada, quando não fica restrita a um momento, os minutos viram horas e as horas viram dias, o sofrimento para achar uma solução a todo segundo é dilatado logo o sofrimento também se prolonga.

Ser calmo é uma dádiva, conheço pessoas zen que se estouram com mais besteiras do que eu, a questão é que quando bate a ansiedade o que ocorre é uma explosão atômica causando destruição em massa. E mesmo que eu fira outros o pior de tudo é que sempre quem sai perdendo sou eu, acredito sofrer mais do que a quem sofrimento as vezes. Tristeza, depressão, falta de apetite, falta de sono, solidão, indisposição, arrependimento são todos nomes bem conhecidos que moram comigo já faz um bom tempo.

Auto controle é a solução, já pesquisei isso e já fiz diversas terapias, de hipnose a anos de psicanalise, também existiram alguns medicamentos suspeitos mas nada que conseguisse me ajudar. Aí você, caro macaco, me responde “mas você não tentou de verdade, você precisa querer”, é claro que lhe mandarei colocar um cone em seu próprio ânus. Tenho poucas qualidades mas uma delas é a insistência e a perseverança que persigo aquilo que desejo e ser uma pessoal emocionalmente estável é algo que desejo bastante, chego a ficar ansioso por ter tanta ansiedade!

Infelizmente na maioria das vezes essa ansiedade se manifesta de forma negativa e tudo o que me resta é sentar na sala, abrir uma lata de cerveja e olhar para a televisão. Não estouro, não machuco ninguém além deste que vos digita.

Pensamento do Dia:Não tem maquininha para medir dor aqui.” – Profissional da saúde.


Esperança

esperança.jpg

Farofeiros e farofeiras,

Dessa vez falarei da última que morre e também protagonista de algumas novelas mexicanas, a tal que faz um ser pular de um prédio sem paraquedas, a tal que faz você roubar um beijo da pessoa errada, a tal que faz você insistir que existe vida após a morte.

Estou em uma encruzilhada para falar deste assunto, o que é bom pois rende bastante assunto, mas fico na duvida se é algo bom ou ruim até para um assunto. Não importa a cultura, formação acadêmica, raça, religião ou se você é o Bolsonaro (tenho esperanças que não) a esperança está ali por vezes lhe empurrando, por vezes lhe segurando. O pior da esperança é que ela é dúbia, podendo ser algo bom ou ruim ao mesmo tempo seja o fato de você ter esperança ou seja o fato de você dar esperança.

A variável é relativa a cada ser e a cada situação, eu e você poderíamos não ter esperança na mesma situação mas isso é definido pela história de cada um e é isso que é importante nesta conta irracional. A história define o ser, as vezes até define o que alguém vai fazer, as vezes a história toma um ruim visivelmente desconexo. A história te arremete ao passado fazendo com que você tenha esperança no futuro mesmo que você só faça merdas no presente. Essa esperança pode te fazer ter uma história melhor, mas essa história também pode te fazer ter esperança em algo que nunca vai ser alcançado.

Falando deste que vos fala, acredito ser uma história ruim. Mais esperança do que deveria, a história acaba se tornando algo apenas vivido no passado esperando que de alguma forma algumas coisas não se repitam, mas também esperando que outras coisas voltem a existir e a ser como era. Nada que uma viagem no tempo não resolveria, nada de caderno de recordes para se tornar milionário afinal as coisas que desejo eu tenho, mas uns tapas na cara seriam fundamentais.

A esperança diz que temos que tê-la para acreditar em um futuro melhor mas não sei no que acreditar, ter esperança ou dá-la não é algo que se faz intencionalmente (pelo menos quando falo de seres humanos normais) mas é algo natural do ser, na verdade não consigo explicar exatamente qual é o mecanismo evolucionário que gera tal sentimento. A esperança de encontrar a parceira ideal para o acasalamento? Porra evolução, além da necessidade precisa mesmo ter que ter esperança?

Não sei se há uma cura para o meu caso de história ruim. A ciência natural diz que sim, uma cura é possível. Mas as leis de uma história sugerem que qualquer cura não duraria muito. Afinal, sou muito mais interessante e satisfatório como sou, um personagem ruim de uma história ruim.

Pensamento do Dia:A esperança é a última que morre, mas ela também morre.” – Acho que foi algum Exterminador que disse isso.

 


Ensaio sobre o esquecer

esquecer.jpg

Farofeiros e farofeiras,

Hoje devo transcorrer sobre um assunto pertinente devido a continuidade da evolução pós consagrada dentro da efemeridade de todo ser que possui uma memória mas não a memória em si mas quando desejamos apagar algo da memória.

Não importa o evento, pode ser uma morte ou um nascimento, um amor ou um desamor, alegria ou depressão, os motivos são os mais diversos e cada um afeta uma pessoa de um jeito. Mas esse não é o assunto ainda, o assunto é como fazer como no filme Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças que simplesmente o paciente esquece tudo de uma pessoa e pede para as pessoas ao seu redor parem de falar nela. Não creio que seja algum tipo de estraga prazeres mas é óbvio que dar estímulos elétricos no córtex cerebral não ajuda.

Já tentei álcool, já tentei razão, já tentei distração e nunca consigo esquecer o que preciso, o que arremete ao meu texto anterior sobre o umbral e querendo ou não esquecer seria o melhor remédio para a dor que a situação original provoca, lhe tiraria do umbral sem dor, sem sofrimento e provavelmente com um sorriso no rosto pelo alívio.

Gostaria mesmo de discutir técnicas e, principalmente, gostaria de fugir do clichê de que o tempo é o que resolverá tudo, me incomoda tal afirmação pois não gosto de dar tanto poder ao tempo, ele já rege o universo e nos afeta todo dia, dar-lhe o poder de ajudar em sua vida afetiva e emotiva é uma loucura em minha opinião, mas inevitável. Também me incomoda a premissa de que apenas um novo amor cura as mágoas anteriores, como algo bom pode brotar do meio da mágoa? Se é mágoa o problema você não pode obrigar que outra pessoa tire essa mágoa de você, afinal a mágoa é sua, você que tem que dar um fim nela. Em suma me incomoda não ter poder sobre o que quero ou deveria sentir e ter que esperar o mundo girar para conseguir caminhas do jeito que era antes de qualquer coisa me abalar.

É triste pensar que meu time perdeu o campeonato este ano, mas ano que vem haverá outro campeonato e o que me resta é a esperança que no próximo não aconteçam tantas atrocidades como neste último e esquecer o que deu errado. Esquecer é tudo, mas não vendem em capsulas para se tomar a cada oito horas.

Pensamento do Dia:O machado esquece, a árvore não.” – Emicida


Umbral

umbral.jpg

Farofeiros e farofeiras,

Segundo o que sei do espiritismo o tal umbral é um lugar, uma outra dimensão, onde sua alma chega se estiver perdida, sem saber para onde ir. Diferente do céu ele é um lugar escuro com pessoas que se assemelham a zumbis e aparentemente sempre querem tirar vantagem de você, mas a característica que quero enfatizar é que tal lugar mesmo sendo tenebroso não é o inferno e está longe de ser o céu.

Não sei muito de espiritismo para devagar mais sobre o assunto mas quero tornar esse lugar extradimensional em uma sensação, quase um sentimento. Alguns poderiam dar outros nomes, nem sei se existe um nome para isso em outra língua qualquer, por isso a crio agora. Quando você é colocado na reserva, a expectativa de entrar em jogo ou não mesmo estando no jogo, esse pensamento que chamo de umbral. Quando você vai tocar à porta de alguém e não sabe se esse alguém está ou não, esse pensamento também chamo de umbral. Quando alguém diz que te ama mas não quer ficar com você, quando lhe avisam que te mandaram embora do serviço bem antes de fazê-lo, quando você espera o resultado de um exame importante, quando você sente uma dor que nenhum curativo ou remédio podem calar, tudo isso é umbral.

Você é enviado para este umbral que estou tentando explicar de várias maneiras, estar nele é como ser ignorado, você não retrocede mas também não avança, não é confortável para você afinal todo corpo tende a estar em movimento e estagnação é pior que a morte. Mas digamos que alguém lhe mande para esse lugar, desejando sua estagnação, é confortável enviar alguém para esse lugar afinal você não precisará encarar as consequências de um sim e muito menos o preço do não.

Nem morto nem vivo, apenas uma lembrança que pode ser ou não recuperada, no final tudo se resume a pulsos elétricos em seu cérebro, um delírio rotulado de esperança. Mesmo assim é preciso fugir dessa falsa ilusão de conforto, afinal continua sendo apenas um delírio.

Mas nem tudo são trevas, você pode sair desse umbral a hora que quiser, você pode até ser colocado lá, mas você escolhe se quer ficar ou não neste lugar.

Pensamento do Dia:Não gosto mais de Batman” – Mentira do Rockerz!


Tristeza

tristeza.jpg

Farofeiros e farofeiras,

Somos submetidos a tristeza diariamente e aparentemente ninguém se importa com o que parece estar se tornando um caso de saúde pública devido a tantos casos e tantas formas de alguém ser realmente triste. O pensamento da tristeza transbordando em nossa sociedade anda de mãos dadas ao fato de ninguém se importar realmente com o próximo, afinal a tristeza é apenas uma “frescura” da pessoa e “uma hora passa”.

A quem interessar este pensamento aviso que é triste saber que pessoas acordem todos os dias para viver de tristeza, seja com o trabalho, com um relacionamento, com a ausência de alguém, os motivos podem ser vários e não é possível escalonar a dor, afinal é pessoal demais como cada pessoa lida com essa dor. Algumas pessoas podem lidar bem com o estresse no trabalho, enquanto essa mesmo pessoa não consiga suportar mais viver com a pessoa que teria escolhido para passar o resto da vida juntos.

Acredito sim ser uma epidemia e estar enraizada de forma perniciosa em nossa sociedade que cada vez mais mostra que tudo e todos são supérfluos, tudo e todos podem ser trocados, substituídos por algo tão bom quanto ou melhor, muitas vezes até mais barato.

O peso que você carrega e a dor que você sente são só seus, mas o que a sociedade poderia fazer para impedir que cada vez mais pessoas sintam-se assim? Creio que para qualquer âmbito que seja aplicado o respeito ao próximo, pregada em todas as religiões e exigida pela lei federal, deveria ser o suficiente para que você que sente tristeza não fosse menosprezado. Mas como não vivemos no mundo ideal as pessoas normalmente gostam de piorar a situação e as crenças e direitos que deveria ser coisas boas vão todas por água abaixo, tudo em nome do próximo não conseguir lidar com uma tristeza.

O tempo ajuda a curar feridas, ajuda a esquecer pessoas e ajuda a pensar, mas quando você permitiu isso a alguma pessoa? Quando sua humanidade vai permitir que você pense no próximo? Não é necessário ser como algumas religiões pedem, amar o próximo como a si mesmo, basta ter respeito pelo sofrimento alheio e ajudar se possível.

Mas se você prefere ser superior em cima de alguém que esteja em maior dificuldade que você no momento, parabéns, você é um imbecil e precisa ser tratado como tal em uma ilha bem afastada de todos, onde você pode pensar sozinho em si mesmo.

Pensamento do Dia: “Tristeza não tem fim, felicidade sim.” A coisa é tão triste que até samba estou recitando.


Saudade

saudade.jpg

Farofeiros e farofeiras,

É com imensurável prazer que lhes digo que tive que efetuar uma busca minuciosamente chata para realizar que nunca havia falado especificamente sobre o assunto em título afinal é algo que sentimos todo dia e toda hora de tudo e todos. Saudade de um lugar, de uma coisa, de uma brisa, de um gesto ou até do cometa Halley e hoje, como aparentemente alguém institucionalizou que seria o dia do beijo nada melhor do que ser alguém piegas o suficiente para criar uma analogia com algum relacionamento e suas intimidades. Peguem seus lencinhos.

Acho próprio falar que sinto saudade de velar teu sono, de te fazer dar aquela gargalhada gostosa que adoro, sinto saudades do seu abraço quente servir de travesseiro enquanto assistimos aquela série terrível que só você gosta. tenho saudade de te ver agarrada em meu corpo, o seu cantinho.Mas tenho saudade também de coisas fúteis como sair para tomarmos um vinho naquele restaurante que adoramos e até tenho saudade de você dizer que gosta tenebrosamente do cheiro de gasolina enquanto o carro é abastecido, juro que já pensei em tornar tal fragrância em perfume para você mas me faltam competências químicas para tal feito.

Tenho saudades também de sua versão da música da Princesa Caroços de Hora de Aventura, além de mais bela e engraçada é muito melhor cantada, quem sabe poderíamos montar uma banda temática do desenho animado, mas eu teria que ser o Jake pois o Rockerz vai querer ser o Fin, você conhece o mala.

Mas serei sincero pois sinto saudade das promessas não cumpridas como a de catalogar minhas coleções de maneira eficiente e limpa sem minha interferência, afinal eu só atrapalharia. Tenho saudade de suas broncas também, principalmente a da parte que você brigava para que eu fizesse alguma atividade física, agora mesmo sem termos feito nada desse tipo juntos sinto sua falta só de olhar para um lugar que nunca frequentamos. Maluco não?

Não sei do que mais sinto saudades, existem os passeios padrões que fazíamos e não faço mais, existe também a companhia constante que era sensacional, mas hoje aparentemente são apenas memórias minhas, coisas que a minha saudade não deixaram morrer. A saudade é tanta que até capa plástica para o estofado do carro eu já esqueci.

Pensamento do Dia:Você tem saudade da minha saudade?


Parabéns pela sua vingança!

vinganca.jpg

Farofeiros e farofeiras,

A vida é simples, ou você quer algo ou não. Ou segura ou solta. Ou compra ou fica com o dinheiro. Ou come ou passa fome. Estou cheio de referências hoje e a primeira vem de meu sangue, minha sábia avó sempre gosta de dizer o quanto a vida é simples e nós que gostamos de complica-la.

Tudo pode parecer ter saído de um dramalhão que beira a comédia mas são coisas que acontecem todos os dias e em todos os lugares em nome de um suposto sentimento mútuo a pessoa veste uma máscara de tirana e simplesmente joga suas lanças, espadas e flechas contra o alvo que em nome do tal sentimento deve ficar quieto sendo ferido e apedrejado, ignorado, trocado, traído, ludibriado, torturado, aliciado e com sorte excomungado. Não sou santo, não sou puro, mas sou correto, educado e principalmente verdadeiro com os outros e principalmente comigo mesmo. Posso errar e me arrepender, volto atrás mesmo que isso vá me humilhar, luto pelo que acho certo mas principalmente luto pelo que sinto e se corro atrás de algo pode ter certeza que o faço de coração. Por isso acredito que o espírito da vingança foi invocado, fui perdoado de maneira falsa apenas para que meu sofrimento fosse ampliado ao ponto de quem a invocou se sentir satisfeita com feridas do alvo.

Falta de controle e bom senso podem explicar muitas coisas nestes eventos deturpados e tenebrosos, mas tudo isso não acontece por um suposto sentimento mútuo? Como se consegue ficar junto ficando separado? Como se consegue amar ignorando? Como se acerta as coisas sem se falar? A resposta é simples: não se consegue, não se acerta.

As pessoas, os relacionamentos, tudo deveria vir com data de validade em embalagem transparante a vácuo, assim você poderia ver se está bom antes de abrir e espalhar a podridão do resto de suas tarefas, vontades e diversas outras coisas que são boas e que deverão te respaldar quando algo de podre surgir.

Neste momento é preciso se libertar realmente do que te suga, do que cobra um preço alto demais, do que esvai suas vontades e, parafraseando Karolyne Vieira, libertar-se finalmente de quem lhe faz mal disfarçado de bem-querer.

Pensamento do Dia:Já nem sei mais o que dizer, apenas sentir!” Frase da @twitterdachata.


Ficar calado?

universal-1.jpg

Farofeiros e farofeiras,

Tenho me visto por mais vezes do que gostaria intimamente intimado a falar de coisas mais sérias do que deveriam ser. Intimamente falando devo confessar que não posso deixar esta passar, não se trata da intimidade de ninguém, nem das idéias de ninguém, nem das suas crenças ou de suas palavras, quero falar sobre o silêncio, efetivamente e infimamente nome dado à ausência de barulho.

Já deixei claro que apoio minorias? Já deixei claro que sou apartidário? Já deixei claro que não ligo para sua religião? Se você percebeu isso fico feliz mas ainda preciso cortar mais uma certa porcentagem de meu público inexistente (mentira sei que vocês existem). Já deixei claro que xingo maiorias? Já deixei claro que odeio gente que torce para um partido como se fosse time de futebol? Já deixei claro que gosto de rir de pessoas ignorantes? Se não lhe passou tal pensamento pela cabeça atente-se você pode ser um babaca.

Mas, como não poderia deixar darei um exemplo de babaca, não é uma pessoa ou uma religião, mas sim quem os representa. Recentemente o artista Vitor Teixeira publicou uma charge genial mostrando um gladiador (do Altar?) ferindo a espada uma mulher com adornos da umbanda (ou qualquer outra religião africana). A igreja Universal mostrou seu poder e persuadiu o artista a remover tal charge, na verdade queriam que ele apagasse o seu blog, sua fonte de renda, vitrine de seu trabalho. Na minha opinião essa é a uma atitude similar a de uma multa de velocidade à um caminhoneiro, a pena seria que o motorista jogasse o caminhão de uma ribanceira.

Sabiamente Vitor tornou pública a história, o que não agradou a igreja que enviou um novo contato com uma linha jurídica mais incisiva. Aí ele solta outra charge genial.

universal-2.jpg

Nenhuma religião ou pessoa pode estar a salvo de críticas, partidos e times de futebol, revistas em quadrinhos e música, tudo é preciso ser analisado de diversos ângulos e se alguém não gostou deve sim falar, fazer sua opinião ser ouvida. Agora, uma religião que agiu politicamente para desabilitar legalmente outra religião, reclamar de uma charge é uma das maiores hipocrisias que já vi neste país. Criar um grupo militarizado dentro de uma igreja é permitido, mas não se pode critica-lo.

Isso é contra as leis de deus? Do homem? Não importa, se estiver escrito pode ser alterado, subornado, financiado e no final se tornará lei falar o que pensa. Me perturba o sono saber que existe gente planejando meu silêncio.

Pensamento do Dia:A ciência sem a religião é manca, a religião sem a ciência é cega” Olha eu citando o Albertinho Einstein de novo.


Seu comentário é coisa séria

comentario.jpg

Farofeiros e farofeiras,

Como alguns poucos muitos amigos, ex-amigos e trutas poderão lhe dizer, nós aqui nunca soubemos lidar muito bem com comentários. Já fomos xingados, ofendidos, desafiados, perseguidos, bolinados e mais um outro tanto de assédios ocorreram contra nossas pessoas. Equivocadamente já tomamos decisões burras, houve uma época que eu mesmo decretei que esta pocilga virtual não teria mais comentários, mas voltei atrás. Recentemente discutimos por meses a implementação do sistema de comentários baseado em redes sociais, nunca fomos realmente convencidos de sua eficácia e bom andamento deste blog.

Então ficamos do jeito que estamos hoje, usamos um sistema próprio apenas autorizando manualmente os comentários, onde é necessário preencher seu e-mail e escrever apalavras concisas, e mesmo assim não deixamos de ser xingados, ofendidos, desafiados, perseguidos, bolinados e cutucados. Já tivemos que deletar de tudo, gente que acha que se comunica de maneira importante escrevendo “kkkkkkkkkk” ou “sei lah”. Nem preciso falar que acabamos excluindo uma infinidade de assassinatos ao coitado do português, não que eu escreva majestosamente, escrevo apenas magistralmente, mas me esforço para não matar a língua mãe.

Já foram publicados artigos que mereciam uma visão editorial mais elaborada, somos amadores que amam o que fazem e queremos continuar assim. Quer dizer, se pudéssemos ganhar algum dinheiro falando merda seria bem agradável. Porém, mesmo quando erramos editorialmente a culpa era nossa, logo seria normal ser xingado ou arrumar alguma confusão, mas essa semana a coisa toda mudou, se antes éramos xingados,ofendidos, desafiados, perseguidos, bolinados e apedrejados descobrimos que alguns leitores nossos podem fazer isso com outros leitores também.

Nesta semana tivemos um volume fora do nosso normal na fan page do Farofeiros no Facebook, é pouco movimento, mas para pobre qualquer esmola é válida. Um individuo respondeu categoricamente que uma outra leitora deveria “ir para a cozinha”, de imediato comunicamos ao Facebook tal abuso, mesmo assim não queríamos perpetuar por mais instantes uma estupidez dessas junto de nossos nomes então deletamos o comentário. Ao receber a análise da rede social ficamos surpresos em verificar que para eles mandar uma mulher “ir para a cozinha” não afeta seus termos de uso, com isso resolvemos sem perguntar ao individuo ou a agredida qualquer coisa, esse é um tipo de atitude que não aceitamos. Bloqueamos e expulsamos o individuo de nossa rede.

Se você é alguém que saca um comentário desrespeitoso, sem motivo e gratuitamente, meu amigo você não é nosso amigo e nem interessa sua audiência. É de gente estúpida assim que protegemos nosso blog e agora nossas redes sociais, se temos o direito de simplesmente não ouvir um imbecil simplesmente não o ouviremos. É importante que saibamos sua opinião, é importante que saibamos o que você pensa, desde que você seja um ser humano e não uma ameba.

A internet toda seria um lugar muito melhor para se conviver com menos babacas comentando babaquices.

Pensamento do Dia:Época triste a nossa. E mais fácil quebrar um átomo do que um preconceito!” – Albertinho Einstein


Razão e fé

pensamento-fe-razao.jpg

Farofeiros e farofeiras,

Não serei tão chato hoje, serei menos chato que os últimos dias, mas serei chato, mas não muito chato. Só um pouco.

Consegui não comentar quando um amigo contemplou uma mandala divina em uma palheta de cores, invocando a divindade e a luz que existia naquele amontoado de simbolismo. Nem enviei-lhe um pentagrama invocando a mesma descrição. Viram? Estou bonzinho de um jeito bom.

Mas esse fato me colocou a pensar, o quanto da ciência alguém precisa ignorar para se tornar um religioso ignorante, ver figuras sacras em alimentos podres e colocar a culpa de toda a existência, e como a mesma se formou, na vontade de concretização das palavras de um ser que ele não vê, não recebe ligações, mas te ama, sabe o que você fez de errado e vai te mandar para um caldeirão de óleo fervente se você não fizer o que ele te mandar. O discurso da alienação e até da esperar de um julgamento final, após a morte, e a devida retaliação dos infiéis em prol de um prêmio eterno, um lugar com paredes de ouro, me parece uma ideia muito pouco cristã. Mudei de assunto, não era nada disso que eu queria dizer.

O que penso e avalio com tristeza é a religião, ou a definição de lado espiritual, cegando a vida das pessoas para fatos já conotados pela ciência e que é fantasiada como alegação do inimigo. Não, a ciência não sabe tudo e nem explica tudo, mas não é por isso que ela é a visão mais inteligente para o universo e a humanidade. O bom senso não resolveria só o problema político brasileiro, o bom senso é o que resolveria todos os problemas do mundo e se religião é algo bom mesmo deveria ser o porta bandeira de tal ideia. O pensamento de que razão e fé podem andar juntos é bem pernicioso mas, como disse, o bom senso resolveria a pendenga.

Como alguém prega o amor ao próximo sendo que nem aceitar a religião alheia ele aceita? Onde está a razão nisso? Onde está a fé nisso? São conceitos tão divergentes que se unidos podem causar queimaduras de terceiro grau e ainda receber um vale exorcista para utilizar em sua residência, em horário comercial. Mas o seu deus não está dentro de você? Ou ele é um gigante barbudo que vive nas nuvens?

Penso que se sua fé ultrapassa as barreiras da razão, então a fé para você é muito mais do que você imagina em sua vida. E não, isso não é uma coisa boa, você será mais suscetível à alienação e a tudo que seu deus prometeu que você sofreria. Não estou dizendo para você deixar de ter sua crença religiosa, só estou dizendo que se você acredita que seu deus é algo que provém do amor, você deveria praticar o mesmo.

Pensamento do Dia: “O cosmos é tudo que é, jamais foi ou será.” – Enviado além-túmulo por Carl Sagan