Arquivo da Tag: pensamento

Não para, não pode parar.

para

Farofeiros e farofeiras,

Na congruência de um pensamento que virtua a existencialidade potencialmente inexistente de qualquer ser em uma segunda-feira que é feriado, me coloco no centro de um vórtex astral onde forças como a gravidade são brisas de outono em montanhas mexicanas com nomes que arremetem a apelidos fugazes para fezes humanas ou animais.

Dentro do que se resume como ousadia e fora do que se considera covardia, mesmo que me colocasse a frente de uma câmera para tirar fotos fazendo bico ou mostrando minhas torneadas coxas eu certamente continuaria me incomodando fatalmente com a sujeira acumulada por teclados, mouses de dispositivos como celulares e tablets de crianças e comem e os utilizam ao mesmo tempo. Certamente uma cobertura de chocolate nesses dispositivos deve deixar tudo mais atraente para quem se atrai a essa forma de atração atraída pela tração de forma a trair a atração que não deveria ser atraída.

Mas nada está totalmente perdido dentro desta realidade já que sempre existe a pizza de ontem para se degustar animalescamente pelos próximos dois ou três dias subsequentes afim de adquirir uma intoxicação alimentar bem rudimentar a modo sugar todo o doce néctar de um feriado com a proposta de se dar doces melados, derretidos e caros para pessoas meladas, derretidas e caras. Mesmo que, por ignorância ou até inocência, a verdade esteja apenas lá fora e você nunca saia de casa com medo de pegar um resfriado ou gripe ou AIDS.

Não faz parte do pensamento universal que se você tem medo de algo você o faz para superar o medo, entenda que o medo é um sentido da evolução mais que responsável pela evolução dos pequenos mamíferos até a anta gigante que é você hoje. Tal sentimento é mal avaliado mesmo, então se você tem medo de falar não fale, mas se tem tesão transe. Transar faz menos mal do que falar.

E, no silêncio, onde minha mente e obviamente a sua, conseguem atingir plenamente todo a potencial concentração necessária para chega ao pensamento onde nossas vidas poderiam ou não mudar tudo simplesmente pára. Não é como um lapso temporal ou uma bolha onde o tempo deixa de existir, ele só para e começa a tocar alguma música de gosto suspeito com ritmo de pagado, sertanejo, funk ou dubstep. Mesmo que invasões alienígenas sejam atualmente feitas com a música deste último estilo musical. Se é que pode chamar tal som de música.

Pensamento do Dia:Se um homem tem paciência de deixar a barba crescer ele terá paciência de aguentar suas besteiras.” Ditado chinês, mesmo porque a maioria dos chineses nem barba tem.

Veja também


Quem tem a culpa

culpa

Farofeiros e farofeiras,

Essa semana arrumei um motivo muito engraçado para rir mas estou impedido diante de normas ilegais que me ligam às pessoas que se dizem minhas amigas mas me impedem de falar, onde está o sentido da amizade nessa história?

De dentro do meu pijama lhes aviso, que nenhuma forma de pensamento é inocente ou inofensiva, toda a ideia é nociva e facilmente se transforma em uma navalha de corte duplo e do tamanha de uma lança, mas maleável como um chicote laser usado por guerreiros espaciais. Não sei de vocês, mas quando um pensamento individual e inocente atinge um alvo invisível e que, de maneira indispensável, iconicamente relatando a incongruência que exerce uma importante indiferença da insalubridade inerente ao interior da insensatez infalível e até insubstituível.

É na geral história quando você cobra de uma pessoa algo que você não quer, ou não pode dar. Mesmo que o quarto canal de televisão mais assistido do país seja um de desenhos animados com sinal fechado, malditas crianças e adultos que não cresceram e não crescerão, mesmo que seja uma pessoa muito baixa mesmo sendo alta. Mesmo que tudo seja uma versão do futuro do presente do predicativo do sujeito e meio que o predicado do subjuntivo seja nomenclaturalmente um substantivo indireto dentro da diretas que não gosto de soltar.

Mas o pensamento de que a felicidade é algo individual e não coletivo é que fazem as pessoas serem mesquinhas em relacionamentos e arrogantes em redes sociais que não suporto do fundo do coração. Ou fora de algum contexto anormal e que gere algo psicanaliticamente antropomorfológico que pode até ser real, mas mesmo que você negue, não negue, você tem culpa no cartório. Registrado em três vias e com duas testemunhas. Tenho as cópias autenticadas.

Não vá dizer que não fez nada, que é livre de qualquer culpa e de julgamento já que você sabe que trapaceou, você sabe que roubou, você sabe que mentiu tentando fazer com que alguém sofra mesmo sabendo que existem pessoas que gostem de sofrer e até chamam sofrimento de prazer ou luta. Mesmo que você não me escute, mesmo que você negue, você sabe que existem clichês que podem lidar com isso. 

Pensamento do Dia:O pensamento foi meu, mas você que se fodeu.” Vou tatuar na testa de um amigo!

Veja também


Conversa ébria

conversa

Farofeiros e farofeiras,

Gostaria de começar este artigo como se este blog fosse meu querido diário, sem a parte do querido pois diário é coisa de menina que lê Capricho e se acha culta por ter lido uma série de livros ruins feitos nas coxas com o desejo de satisfazer adolescentes. E menino que lê, ou aparece em revista desse tipo nunca teve ou terá meu respeito, logo, creio que em breve estarei distribuindo pensamentos nessa publicação. Meus empresários aguardam contato.

Neste fim de semana fizemos algo diferente, encontramos uma turma das antigas que a tempos não se reunia. Foi estranho pois nos falamos constantemente graças a internet, mas pessoalmente é raro tal acontecimento depois de tantas luas e planetas alinhados em congruências anômalas pragmáticas astrofisicamente falando. O pensamento gira sobre a infecção que é gerada em nossas vidas rotineiras desde que tudo pode se resolver com alguns cliques, incluindo as interações pessoais e impessoais.

Quanto mais impessoal algo na relação virtual mais ela é classificada pessoal por botões de favoritos, curtidores, adicionadores e marcadores de todos os formatos que não existiam a dez anos atrás e não faziam falta alguma, apesar de que hoje em dia sinto saudades de me assustar com a buzina de login do finado ICQ que, apesar de morto, ainda está vivo. Mas sem, quanto mais um pensamento é marcado mais o pensamento se transforma em cinzas virtuais, caindo na banalidade da falta de lembrança de perfeitas metáforas de uma bomba nuclear que ameace sua vítima bem lentamente e nunca se exploda efetivamente.

Melhor do que vender assentos vazios para uma copa de um esporte super valorizado de um relacionamento vazio onde existe a promessa de que um dos membros do casal irá mudar em prol de outro enquanto traí em redes sociais e em pensamento. Existe maneira mais hipócrita de pensamento do que o de traição em pensamento? É claro que existem benefícios que a imaginação não pode trazer, como luxo, mas existe também outras coisas como o que tenho entre as pernas e, claro, o que você também tem. É igual mas é diferente.

E este foi o resumo da conversa do fim de semana, do encontro que me referi no inicio, que acabou com duas pessoas precisando de glicose na veia.

Pensamento do Dia:Eu não gosto de você.” – É verdade.

Veja também


Tá doida?

doida

Farofeiros e farofeiras,

Escrevo aqui minhas próprias palavras escritas por ninguém mais do que eu e, consequentemente mas não obrigatoriamente, algo que seja relacionado a minha vida ou a vida dos seres humanos que tem o prazer de conviver em minha presença. Dito isto é importante notar que coloco muito de mim nisto, o que faz com que transborde minha personalidade por todos os lados, deixando algumas pessoas afoitas.

Recentemente fui questionado quanto a um desses pensamentos de uma maneira muito pouco sútil. Senti saudades de uma pessoa e depois de algumas conversas o habitual ocorreu, houve outra ruptura, porém, a dita cuja não deixou de vasculhar por mensagens subliminares minhas por entre estas letras que digito agora. Este fato me causou surpresa, afinal, como esta pessoa ainda acessa o que escrevo? Mas o pior não foi isso, há uma outra surpresa, mais desagradável na verdade.

Insultei veementemente uma pessoa que passou em minha vida, em uma ou duas frases deixei claro, para mim, que não deveria falar com tal pessoa. Porém tal pessoa não acessa meus artigos, quiçá saiba deste blog, então como toda indireta ela atingiu, finalmente, um alvo. Mas foi o alvo errado. O pensamento errado na cabeça errada!

De todo jeito as pessoas que me conhecem vêem pedaços de mim aqui e, surpreendentemente, não entendem o que escrevo dando lugar para que a imaginação voe, encontre um far, faça ninho e tenho belos bebês arara azul ameaçados de extinção. Como um pensamento para uma pessoa ruim pode afetar negativamente alguém que você ama? Como um pensamento para uma pessoa ruim pode afetar negativamente alguém que você venera? Como um pensamento para uma pessoa ruim pode afetar negativamente alguém que você está morrendo de saudades mas não insisti mais por ela ser tanto ou mais teimosa que você?

E pronto, mais uma vez falei anonimamente de alguém que só vai ver a parte ruim e a parte de que eu a amo ela vai esquecer. O pensamento da anonimidade é que precisa sim me proteger, afinal com uma língua afiada e uma licença editorial livre de processos mas que poderia gera-los se eu colocasse aqui efetivamente nomes, datas, números e algumas fotos. Só algumas, perdi outras e estou triste por isso.

Sou responsável pelo o que digo, não nego, não mudo, mas, por favor antes de achar que eu digo alguma merda para você, me pergunte. Prometo ser sincero, honesto e, dependendo do caso, carinhoso na maneira em que eu lhe mandarei tomar no meio de seu cu.

Pensamento do Dia:Fala sério!  Vc estava me xingando horrores no farofeiros kkk” – juro que a pior parte foi entender o “kkk”

Veja também


Cumbaiá

cumbaia

Farofeiros e farofeiras,

A densidade biométrica registrada dentro do perímetro de compreensão da subjetividade do assunto propostos em sua relevância aparente me torna capaz de dizer que tudo o que é relativo, dentro de sua própria relatividade, é relativamente relativo a sua relação de acordo com a relatividade relativa da relação. Mas o contexto do pensamento arrendado da situação posterior permite uma maior absorvição do que pode ser absorvido, literalmente, dentro da respectiva rescentricidade do diálogo sugerido e, subjetivamente, demonstrado de maneira simples e clara como neste pensamento.

É sabido que tenho a paciência relativa a de um cordão embebido em querosene ao sussurrar palavras de amor para uma chama gigante e avassaladora que precipita a cerca de dez milímetro de distância. Dentro da capacidade de um pensamento onde o pensamento é realmente culpado pela saturação de espaço limitado dentro de um saco, que é apenas um exemplo do quanto algo pode encher, que é outro exemplo do exemplo que exemplifiquei e acabei de exemplificar o exemplo exemplificado do primeiro exemplo.

Pouco antes, muito pouco antes, de começar e me preocupar com o pensamento desta semana realmente tive um surto de saco efetivamente cheio, uma pessoa que me agrada me desagradou de uma maneira tão enorme e horripilante que dentro da internet se diria que poderia virar uma nova campanha viral de algum produto que não possa se relacionar com pôneis malditos ou o banheiro da casa do Pedrinho, como um inocente, que não sabe de nada. É a arte imitando a arte pois se na vida eu resolver ir no banheiro na casa do Pedrinho eu teria que fazer algumas ligações, descobrir onde ele mora, explicar a situação e rezar para alguma divindade próxima a São Pedro para que eu seja possibilitado de usar tal banheiro, Além do mais nunca gostei desse cara.

O mombojombo instaurado é o que traz o pensamento para a verdade de onde verdadeiramente importa e tem real importância fora da textualidade quântica de uma semelhança de pensamento ao expoente de algo pouco contemporâneo. Me faz lembrar do pensamento daquela música que nunca ouvi inteira, em uma versão livre minha a interpreto como “cumbaiá my lord, cumbaiá” e, mesmo sem saber o significado ou como utilizar em uma sentença em português ou inglês (não que eu saiba em outra língua) acredito e dou fé de que esse seja um momento apropriado para isso.

CUMBAIÁ MY LORD, CUMBAIÁ!

Pensamento do Dia:Se eu soubesse o que está escrito eu não perguntaria!” – vendedor que acabou de ficar desempregado.

Veja também


Por um Ministério mais útil

ministerio

Farofeiros e farofeiras,

Acontecimentos incríveis aconteceram nesta semana, são tão incríveis que realmente seria uma leviandade minha coloca-los, mesmo que anonimamente, por aqui poderia estragar tudo. Mas sim, uma bela princesa, hoje em um reino distante, me mandou fotos mais do que desejáveis e não, não eram auto-retratos com bicos ou algo pornográfico. Foram desejáveis pelo simples fato de eu desejar ver aquilo, ter aquilo e definitivamente tire a pornografia de seu pensamento caro macaco sem pelugem.

Mas como sou uma pessoa impossível, todo o resto também o é, não posso culpar carma, destino ou qualquer divindade superior a mim, é assim desse jeito desde que minha existência brotou no universo e elucidou a realidade, alucinando quem estava por perto. Depois de um tempo esses alucinados ganharam o nome de hippie, mas isso é uma outra história e o pensamento hoje não é sobre isso.

A insônia da realidade contemporânea se resume ao transito cosmopolita de influência e egocentrismo exacerbado é o que faz uma divindade como eu, exercer, no sentido pleno da palavra não sou tão egocêntrico, que faz com que uma rede de tramoias acabe de por se desvendar. De maneira simples e clara, quando alguém lhe faz um convite você, gostando da pessoa, tende a aceitar tal compromisso de maneira prazerosa afim de conseguir mais prazer, pois é prazer o que interessa.

E, sem querer, você descobre ser pivô de uma trama bem clara para que você, objeto de desejo, seja usado como enciumador de um outro desejado. É pecado o pensamento de que algo desse jeito seja  um elogio, afinal, alguém quer te pegar como troféu e mostrar para os outros balançando, se não for pecado, deveria ser. Vou conversar com o departamento apropriado para isso, e quem sabe eu proponha a criação do Ministério Universal da Mulher para fins científicos de entender o por que a dita cuja esta fazendo isso e ao mesmo tempo não me dá nem sai de cima.

Desculpe a falta da minha classe, mas esta garota me dá nos nervos.

Mas também tem a das fotos.

E tem mais outra.

É, desculpe minha falta de classe e também meu machismo. Prometo propor a criação do Ministério Universal do Homem para estudar o por que seres como eu somos como somos, cromossomos. Se bem que homem não presta mesmo, precisa de uma porcaria de ministério para confirmar isso?

Pensamento do Dia:Transcendência é bom apenas para quem é transcendente.” O Buda da minha sala que falou.

Veja também


Apenas um dia normal

normal

Farofeiros e farofeiras,

Na vastidão da verdade do que o universo realmente significa de modo uniforme e conservador dentro do holocausto diário pela sede imoral de se conseguir o objeto de desejo com delírios e provavelmente uma camada extra de chantili é o que realmente vale a pena. Ou não, se você for diabetes poderá xingar o firmamento, ou sua boca, pelo fato de não poder se controlar diante das doçuras da vida feita pelos outros e coberta de chantili. O pensamento doce pode azedar e se você tiver sorte, ou azar, depende de seu gosto, pode ficar com a boca cheia de coisas brancas doces ou azedas. 

Poderia ser pior, poderia ser chorume criado por um chef amador que vive na praia e com o ego maior do que a do rapaz que tira foto de tudo do que faz e coloca em redes sociais. É de você que estou falando mesmo, deprimente.

Existe uma passagem em um livro antigo que conta a história de uma homem que decidiu dar o ponta pé inicial da vida fazendo sexo no chão de um apartamento vazio e sujo, o resultado foi uma série de provas financeiras de amor eterno que resultaram em um divórcio que rendeu cerca de 1045% na praia já que a rende investida foi convertida em um investimento o qual só o homem estava preparado, assim só ele o aproveita. Fato é que o resgate mental e físico deste personagem é graças a tal investimento que é, efetivamente, um trabalho e é o que realmente mostra o que é amor.

O dinheiro é mais fiel que seu cônjuge, seu dinheiro pode sair de sua mão, mas só quando você quer e, em troca, normalmente ele lhe dá prazer e sempre acerta no seu gosto, mesmo que uma nova plataforma virtual apareça e jogue fora tudo o que já foi construído de forma de tsunami, nós sabemos que algo poderá boiar e, consequentemente, render algum trocado. Particularmente acredito na verissimilidade dos fatos na praia, acredito piamente de que aquela pessoa que tira fotos apenas do rosto para esconder o tamanho da barriga criada pela acomodação e o dinheiro alheio irá explodir e será pelo anus, espalhando defecações por todos os lados. Sem falar que ela te traiu já meu amigo, você viajou, pimba, foi dar para o ex-marido dela.

Não posso dizer que é um pensamento atual, mas gira em torno da vingança do vinagre, sempre maturando e pronto para temperar uma entrada com muito mato na praia.

Pensamento do Dia:Quero carne temperada com vinagre chef” – vomitei.

Veja também


Oscars na Sapucaí da vida mediana

oscars

Farofeiros e farofeiras,

Foliões de todas as idades felizes e alegres por verem sua escola de samba sambar, mas não este que vos escreve animadamente direto do sambódromo. Estou em um camarote, usando uma camiseta de uma bebida que não gosto tirando fotos com pessoas que não conheço e fingindo cantar músicas que nunca ouvi na vida, é claro que o álcool é o grande e importante motivo de tamanha habilidade de socialização.

Havia outras opções, eu poderia ir para o navio da pegação onde outros Farofeiros foram, me convidaram, mas neguei tal bacanal por não gostar muito de peixe.

Poderia passar em minha residência, bem isolado do universo sambístico. Poderia ir para o retiro e/ou esconderijo espiritual de nossa nobre e pequena irmandade, mas todos foram no navio do bacanal, fiquei eu em uma cidade vazia com um amigo reclamando da vida por ele simplesmente não ser como eu. Tive pena, mas superei.

No lugar de tudo isso eu fui convidado por uma amiga em cima da hora para desfilar e aproveitar um camarote, não tive coragem de me fantasia mas acabei indo para o tal camarote beber de graça e posar em fotos de pessoas alheias em redes sociais que me causam repulsa. Uma moça por duas vezes me confundiu com o marido ausente, quase chamei a beldade de amor, mais uma vez a culpa é do álcool. Mas tudo certo, tudo em ordem, ressaca edifica o ser, enobrece o homem, não é mesmo?

Mas aí cheguei em casa, bêbado, cansado, sozinho e sem sono, liguei a TV no Oscars não me veja como uma figura depressiva, me encontrava feliz, afinal este é um pensamento positivista. Tão feliz que pensei comigo, “onde eu estaria mais feliz?”, a resposta veio quando vi as fotos do carnaval de uma mocinha linda, loira e charmosa que me atraí muito. E que fique claro que não é para os bicos mortais de vocês!

A criatura em questão simplesmente foi para uma praia pouco movimentada com amigos. Algo meio hippie acredito, mas não importa, eu queria mesmo era estar ali, expondo-os a minha bela voz de trovão, elucidando-os com minha genialidade sem igual e, por regra de equivalência quântica, estaria agarrado constantemente aos beijos molhados da beldade. Pode não parecer, mas sou um romântico.

Pensamento do Dia:Fãs de Star Wars só querem se divertir.” NÃO, NÓS QUEREMOS É QUE NOS DEIXEM EM PAZ!

Veja também


Medalha, medalha, melhada, melada?

medalha

Farofeiros e farofeiras,

Notoriamente sou dotado de tamanha sabedoria que é inquinável quando digo que a razão sempre pesa a meu lado, não é por fator genético ou sisma de carma, é um fato de tamanha força que entra em embate com a gravidade universal. Simples assim.

Os seres viventes hoje, independente do grau de consciência, querem reconhecimento, festa e prêmios por sobreviver ou viver sua vida repugnante de uma maneira repugnante, tudo se justificando pela vontade de ter a atenção alheia. Tal atenção, atrelada a vaidade de curtidas de fotos em redes sociais, valem como medalhas, cada clique como se fosse uma medalha deprimente de primeiro lugar à própria insensatez e mesquinheza que aflora no solstício do final de fevereiro de anos pares.

A humanidade é a doutrinadora desse sistema medíocre que valoriza o sofrimento, a dor, a ausência e a deficiência. Sem contar que é notório que educadores tentam hoje amenizar a perda, o segundo lugar, como se em uma entrevista de emprego o segundo colocado ficasse com um brinde no lugar do emprego, não sei com explicam isso para uma toupeira, mas o segundo lugar não ganha nada neste caso. A vida não é bela, mas nem por isso precisamos viver sem coisas belas, não é por vermos feiura o dia todo que não devemos valorizar o que é linda, gostosa e usa Channel nº 5.

Isto poderia ser uma nota de pesar sobre o atual estado da civilização contemporânea em diversos aspectos, mas prefiro deixar como puxão de orelha que deflagará uma napalm em seu útero fazendo com que você finalmente se libere para o cara que, pelo mais adversos motivos mundanos, deveria ser o pai de todos os seus treze filhos. Apesar do absurdo o fulano ficaria muito feliz em faze-los e cria-los, indague-o, verás que falo apenas verdadeiras verdades modernas, mas sem ser hippie.

É um pensamento mais evoluído que o hippie, é um pensamento quase robótico e utópico que quer geral o bem coletivo sem ser comunista, mas que também deveria condicionar ecologicamente algumas questões sociais e, principalmente, as que visão o consumismo pela doença da compra pelo desejo, não pela necessidade. Não sou contra o luxo, de forma alguma, sou contra destruir cinquenta árvores para conseguir cinquenta miligramas de uma seiva parar produzir um perfume que persiste no pensamento de quem cheira por apenas dois segundos.

Não é raro se esquecer um cheiro, mas faz sentido um pensamento desses.

Pensamento do Dia:Foda-se aquele corno que chamo de marido.“, toda a beleza de um casamento em uma frase, amor de verdade.

Veja também


Novo de novo

novo-de-novo

Farofeiros e farofeiras,

Hoje é um dia especial, hoje é um dia que vamos recomeçar mais uma vez. Aqui somos especialistas nisso aliás, recomeçar o começo começando de novo tudo de novo do começo recomeçando o começo. E não, não falo de nada filosoficamente falso ou vazio inegavelmente real de vidas desconhecidas virtualmente promíscuas e virgens.

Dentro do que é necessário para a utilização de uma saia no verão chuvoso e com vento, reconheço que é importante a conjectura de tudo que fornece a possibilidade de uma real amostra de uma sustentabilidade que chegue próximo da contemporaneidade do que seus três amigos mais próximos se referem. Nada mais desconfortável do que ganhar super poderes e o fogo começar a sair de suas mãos descontroladamente, não é mesmo? Mesmo que o fogo seja paranormal, daquele tipo que não queima, mas assusta.

Você e eu colega, vamos viajar para encontrar o melhor bolinho do mundo, mas estará refém de um assassino frio e calculista que tem pavor do tempo frio.

Se uso drogas? Uso todas, e todas fazem um efeito alucinógeno esperado a mais de dez anos sem necessitar de superdosagem ou de um fornecedor mais rápido do que o atual que usa um sapato feminino de salto alto feito de chocolate e sim, é comestível, mas ele não come, apenas lambe pois tem medo de ficar mancando e isso prejudicar de alguma forma as costas e ficar dependente de fisioterapia e achar que a profissional está apaixonada por você, afinal, calça branca é gostosa até no varal. Mesmo que ela não seja gostosa.

Mas é uma lei do pensamento universal que tudo que se pensa é variável e é certo que a pessoa certa está longe e tentando te fazer ficar mais longe, afinal é isso que as pessoas que estão longe fazem, ficam longe.

Pensamento do Dia:Bem vindo a Terra.” dito pelo rapaz que viu meu pé torcer ao pousar de um salto de para-quedas.

Veja também


Fogo sagrado

fogo

Farofeiros e farofeiras,

Faz alguns anos que tenho pensado o quanto meus ensinamentos, aqui publicados em prol do universo, poderiam ajudar os seres mais simples e desprovidos de intelecto suficiente para degustar corretamente de um conhecimento astro-físico tão linear e quântico quanto estes.

Não é de conhecimento geral que o conhecimento é como um fogo, mas um fogo do tipo sagrado e este ainda é o tipo de fogo sagrado que não é relacionado a uma religião. O fogo é sagrado pela sua importância e não pela sua santidade ou pureza, aliás, dependendo da pessoa quanto mais fogo melhor.

Mas o essencial do fogo sagrado não é o fogo em si, mas sua propagação e o quanto ele queima. A propagação deve ser viral, pelo ao e pelo simples contato, o fogo deve percorrer tudo o que você toca e até o que deseja para que seja eficiente. E após o fogo tocar tudo que você tocou é necessário que ele queime e torre tudo isso de maneira a desfigurar, desconfigurar e até destruir suas poses, desejos e ansiedades corriqueiras de classe média brasileira que ainda acha que era melhor na época de internet com conexão discada.

Na verdade do tempo e do espaço que prevalece sobre a realidade repetitiva de teorias egocentricas de manipuladores e manipulados, apenas sedentos por prazeres megalomaníacos, regados com luxo e sedução.

Mais atento a parte da sedução o fogo sagrado é importante pela fator que o jogo queima e, neste caso, quanto mais quente melhor. Mesmo que isso interfira no relacionamento mais do que estranho entre uma porca e um sapo feitos de tecido e envolvidos amorosamente, neste caso o fogo pode ser fatal ou muito, muito prejudicial a saúde.

A parte sagrada deveria salva-los de todos os tormentos, mas não irá, afinal o sacrosanto é apenas importante, não se importando com o que não é importante como um mortal pegando fogo como você.

Pensamento do Dia:ATOCHA EM NOME DE JISUIS” – provérbio japonês.

Veja também


Fumaça ninja

ninja

Farofeiros e farofeiras,

A fumaça ninja foi criada pelo preparador de pólvora inglês, o Sr. Vicent Smithson em um breve e conturbado acidente. Ele estava a carregar pequenas quantias de pólvora embaladas precariamente, ao deixar uma delas cair uma fumaça subiu e ele sumiu da vista de todos. Isto ocorreu em 1570 e até hoje Smithson não fora encontrado.

Vendo o potencial do mercado os ninjas japoneses resolveram se utilizar da técnica, para isso desenvolveram uma forma de caminhada sorrateira para que a fumaça não fugisse em momentos inapropriados!

Mais recentemente algumas pessoas tentam usar uma fumaça paraguaia ou chinesa para sumir de outras pessoas, sendo que a infantilidade é tamanha que além de render solidão e incompreensão a pessoa acaba contradizendo seus próprio preceitos ao agir de maneira estúpida. Embates são necessários e bem menos onerosos do que artifícios deste tipo. Não sei classificar menos do que deprimente a pessoa criar desculpas dignas de contos de fadas para simplesmente não falar algo. Seja lá o que for esse algo.

A fumaça deveria ser a vergonha de ser adulto, de se encarar uma questão, seja positiva ou negativa. Fuga é uma opção sempre para esse tipo de pessoa, imagine sair para viajar com uma pessoa que ao dirigir pode pular fora do carro em movimento a qualquer momento.

Nesta temporada de minha vida ainda fico surpreso em ver pessoas com idade correspondente a minha pensar nesse tipo de escapada como opção. Os próximos capítulos da novela serão provavelmente um monólogo, mas um bom monólogo, daqueles que só são mencionadas verdades universais que as pessoas só lembram quando elas são esfregadas em suas faces.

Pois então a verdade não aparece, nem a cara sonsa ou sínica. A razão é inexistente, se há um sentimento ele é falso e tudo o que consigo pensar na verdade é no hambúrguer de frango que está em meu freezer e nem gosto desta porcaria. Cresce mulherada, cresce!

Pensamento do Dia:A gravidade é só um empurrão para o picadeiro.” – DKRAY, Gary

Veja também


E o tempo passa

tempo

Farofeiros e farofeiras,

Escrevo este relato de recente atribulação diretamente de minha simples simplicidade que permite-me ver o quanto é simplória a simplicidade mais simples de tão simplesmente simples ser.

Gostoso, porém trágico, quando você encontra de maneira espontânea alguém que não quer ou simplesmente não espera. Quando a pessoa é de um passado distante então me faz indagar uma série de relações entre os seres vivos deste planeta que, apesar de covalente, não representa algo que deveria ser pragmático na esfera da abundância de informações que é a internet.

Entorpecentemente finalizei minha refeição suando devido a quantidade de carne e bacon adquiridas em um curto espaço de tempo, minha preocupação naquele momento era não desabotoar a calça para que meu estômago se auto acomodasse com o tijolo de restos mortais de animais suculentos e assados.

Tudo muito bem servido e satisfatório de uma maneira bem satisfatória.

Ao concluir o pagamento e de uma maneira bem sutil flertar com a atendente bonitinha me assustei ao olhar para trás e ver um casal dignamente feio. Mas não qualquer feio, feio da pior maneira, quando a pessoa tem condições financeiras e, financeiramente falando, poderia pagar para ser uma pessoa melhor e/ou mais bonita.

É o tipo de feiura que mostra a mesquinheza e o egocentrismo de alguém que passou de uma maneira errada pela sua vida mesmo que tal experiência tenha sido deveras fálica. Houve momentos bons, tudo bem, mas o que te levou até aquele lugar naquele momento foi algo diferente do que levou a pessoa ao mesmo lugar.

Quase que de uma maneira cósmica o destino era o mesmo, mas o caminho era bem diferente. Fica claro com uma analise visual, que a juventude que ainda te habita se esvaiu da outra pessoa a qual você tentava ser jovem junto. A total e completa e inteira transgressão e desespiritualização de valores antes importantes se mostram inexoravelmente alguém que pode fornecer conforto financeiro. Fui embora rindo da minha realidade capenga que é definitivamente melhor que a realização capenga de simplesmente não fazer nada e deixar o tempo passar!

E no final era tudo o que ela queria era uma poupança.

Pensamento do Dia:Água mole até que dura, tanto bate até que moleAINSTAIM – Alberto

Veja também


Falta energia

energia

Farofeiros e farofeiras,

Enfrento neste momento algo amedrontador, terrível e tremendamente assustador. Tenho feito muito, muitas coisas profissionais e muitas coisas pessoais ao longo dos últimos anos que foram deveras favorável ao meu atual estado de espírito financeiro. Amém.

Já que quero tanto continuar a melhorar, mas nessa velocidade o que tem ocorrido é que me falta pilha, energia, bateria, eletricidade, luz entre outras coisas. São coisas que um bom café da manhã ou meu personal trainer não conseguem inserir no meu dia a dia. Infelizmente não encontro o produto a venda no mercado, comprei alguma coisa da China no final do ano passado mas também nunca chegou. Infelizmente mesmo.

A transmissão não é o problema, nem a utilização, trabalho o mesmo que sempre, só sou melhor pago pelo mesmo tempo que eu realmente endoidava por menos dinheiro.

A natureza podia muito bem ajudar a renovação molecular de meu ser, assim eu poderia aproveitar mais o meu excesso de excentricidade e toda a marmelada ortodoxa avaliada por psiquiatras novatos clinicamente expostos e sensíveis demais para fazer algo sem um psicologo.

Não tenho dificuldade em dizer que estou ficando velho. Estou ficando velho, mas tenho que tirar dez toneladas de encheção de saco de energúmenos sangue-sugas que vão de funcionários, parceiros, colaboradores e pessoas que abrem mão de seu dia para tentar sugar minha energia. Que, como disse, nem é muita, mas mesmo assim se esforçam para isso.

Pela simples relevância da existência de cada ser no universo não sei o por que algumas pessoas que me conhecem insistem em tentar sugar sangue direto de minha jugular direto da fonte sujando meu papel de parede novo.

Aliás, não deveria ter falado tanto sobre energia que não tenho, deveria ter falado de papéis de parede, isso sim é um problema!

Pensamento:Jogador hardcore de pokemon evolui o pokemon na hora certa. Mas não deixa de evoluir. Só um comentário…” – DKaray, Gary

Veja também


O pupilo caiu

pupilo-jpg

Farofeiros e farofeiras,

Em eras glaciais muito distantes desta data eu mantive um relacionamento estável e, incrivelmente incrível, tive uma relação muito íntima com diversos membros da família de minha cônjuge, em especial com um jovem que poderia ser muito bem intitulado como meu pupilo.

Sim, o garoto não me obedecia, não fazia tudo que eu mandava, mas ele era inteligente o suficiente para me escutar em alguns temas. E, como sempre, eu em toda minha sábia sapiência milenar, sempre estava certo.

Acontece que meu relacionamento foi a merda e com ela a tal amizade com o garoto. Fazem anos que não o vejo e não rastreio pessoas que não fazem parte de minha vida em redes sociais, aliás nem das pessoas que fazem parte de minha vida eu vasculho digitalmente.

O fato que determinou este breve desabafo é que uma pessoa ligada a ele me procurou recentemente e qual foi minha surpresa ao descobrir que o rapaz se tornou um vagabundo bêbado e drogado. De uma forma absurda ele jogou tudo o que um dia achou ser certo na latrina, depois defecou em cima e no lugar da descarga comeu a merda para não desperdiçar nada.

Foi a tatuagem escrita em japonês de pedreiro, foi a falta de planejamento profissional, foi a crença idiota, foi a vida mimada que influenciou tudo isso claro, e a escolha imbecil por tudo isso. Ele escolheu pois ele viu que existia uma opção, um outro jeito, não interessa como você morre, o que interessa é se você viu ou não quem te matou. Neste caso meu ex-pupilo abaixou as calças e mandou o assassino fazer carícias eróticas em seu anus.

Fiquei triste por ele, a opção foi dada, mas acho ele deve estar bêbado demais para entender isso.

Pensamento do Dia:Amigo ou inimigo, faz alguma diferença?

Veja também