O Retorno do Rei, assistido por alguém que não queria

Bom, você amigo farofeiro e farofeira sabe que não sou fã da aventura onde todos buscam o anel de um anão, O Senhor dos Anéis.

É claro que sei que por essa declaração vou receber outra tonelada de emails me xingando… mas não gosto ué!!!

Se quiser eu deixo você xingar o Bob Esponja… sou um grande fã dele…

Vamos ao que interessa.

No geral, gostei do filme. As vezes existe pouca história para muita lenga lenga. Um exemplo disso é o Nazgul chefe lá que apanha de uma mulher e um hobbit… nada contra as mulheres… mas se o cara era tão fodão ele não podia morrer do jeito que morreu… ou evaporou.

Também não gostei quando o exercito de fantasmas (ou são mortos-vivos?) chegam na batalha… o efeito especial ficou feio, um monte de coisa verde subindo pelas paredes…

Mas as cenas de batalha são demais… loucas de tudo… é muito legal várias brigas desse jeito… com certeza vai ser difícil outro filme fazer tão bem assim!!!

Senti falta realmente do beijinho de despedida do Frodo e do Sam… pode ver o filme de novo e percebe que o Sam até biquinho faz!!!

Ah… a montagem que deixa os atores hobbits pequenos ficou parecendo que foi feito pela equipe do Chaves (também não tenho nada contra o Chaves viu). O Frodo ta olhando pra outro lado na tomada geral… bom, mas são apenas detalhes.

O tempo de filme não é muito convidativo… você sai esgotado do cinema, pô, são três horas e quarenta e cinco minutos sem poder nem levantar pra ir no banheiro.

Meu veredicto: putz filme… com certeza vai ser o Ben’Hur de nossa geração!!!


Rockerz

Irônico e inconveniente desde 1980.