Internet mais que móvel

conectando-da-privada

Faz pouco tempo graças a uma rede social re-encontrei um amigo, viajamos juntos e durante a viagem tudo virava assunto… o bom é que tínhamos gostos similares. Gibis, alguns filmes (nunca esquecerei da algazarra que fizeste para comprar Titanic meu velho), música… a conversa era igual a de hoje em dia, só que ao contrário… e mais nova.

Em 1998 o mundo era outro, nerd/geeks não estavam na moda, e a internet se resumia ao Chat do UOL… a coisa era lenta, o processo demorado, aquele modem fazendo barulho na hora de conectar… isso quando conectava… eu mesmo sempre acessava a internet com um livro ou revista ao lado para ler enquanto não dava meia-noite e gastar só um pulso para ficar a madrugada inteira online.

Sim, havia a busca do ICQ, mas adicionar no escuro era complicado então se entrava no chat por cidade e ficava esperando algum apelido feminino para soltar o famoso “oi, tc de onde?“. Descrevi tudo isso para você se ambientar um pouco… mas ainda tem mais… imagine sua conexão de alta velocidade caindo toda hora, sua mãe brigando para você ir dormir justo quando uma garota te responde educadamente… imagine isso sem Twitter, Facebook, Orkut, Last.fm ou qualquer outra rede social. Mandar foto para pessoa pelo email era coisa de outro mundo, as pessoas preferiam mandar por carta do que arrumar um scanner!

Agora imagine você nesse mundo lento, perdendo diversas oportunidades de falar com pessoas interessantes ou não… você gostaria de ter uma conexão estável e barata, certo? Ficar o máximo de tempo online em alguma linha “especial” seria necessário, mas nós, pobres mortais não tínhamos tal acesso… tinha que ficar testando um por um.

Voltando ao meu amigo…

Em uma das conversas sobre tecnologia surgiu um notebook na nossa frente a preços módicos, não lembro se ele comprou ou não, mas a ideia surgiu ali: “Cara, já pensou entrar no chat sentado na privada?“, minha resposta foi “não” seguido de um longo momento de contemplação.

Longo mesmo.

Na época wi-fi era coisa de ficção científica… conexão de banda larga então… piff… Então imagine-se, sentado na privada, calças arriadas até os pés, notebook no coloco, porta meio aberta para passar o fio do modem de uns quinze metros. Adicione o som de conexão… aquela chiadeira. Chat do UOL bombando, a felicidade existia e estava online! Tudo o que você precisava era encontra-la… Ah, não tinha Google naquela época também… nada de guias de “Como Pegar Mulher no Chat do UOL“.

É… os prazeres eram mais simples naquela época… o pior mesmo é que meu amigo depois de um tempo me ligou e declarou que naquela data havia realizado o sonho de cagar e usar a internet ao mesmo tempo. Como falei, os tempos eram outros… hoje se faz tudo online, ir no banheiro então? Humpf, quem nunca enviou um SMS que seja diretamente do trono?

… esse desafio foi até que fácil, quero ver é acessar a internet embaixo d’água… quem sabe daqui a dez anos eu diga a mesma coisa do meu iPad a prova de água?

Veja também


Rockerz

Irônico e inconveniente desde 1980.


  1. É imagino que um dia vou falar que nasci em um mundo sem internet e as pessoas vão se espantar… espera acho que foi ontem que isso aconteceu.

  2. Aposto que esse Lucto é da época que um controle de video game só tinha um botão!

Comente:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com *