Dia dos Namorados: Dia Internacional de Liberar o Brioco!

menino-tapa-na-bunda

Em minha adolescência passei boa parte das férias em nosso apartamento na praia no litoral paulista. Longe de bullying, de pessoas maldosas e, principalmente, da escola…  é até compreensível que minha baixa autoestima ficasse alta… mas só deu merda… não com meus amigos… mas com a mulherada… como sempre… aliás…

Uma certa vez quis ficar com uma garota lá do prédio, nunca havia falado com ela, mas mesmo assim pedi para um amigo arrumar um… esquema… com a dita cuja. O problema não foi o fora, foi a forma do chute na bunda que recebi… Devido a maldade da garota um tempo depois inventaram um apelido para a moça… Zoavam tanto a Brioco que um dia até fiquei com dó e a defendi. Foi só uma vez!

Maaaaaaaaaaas estou falando tudo isso para explicar o tal “brioco” do título. Já que, literalmente, a garota além de bonita era um orifício anal de pessoa… sim, tenho um péssimo gosto por mulheres orifício anal de pessoa.

Como tentamos não falar muito palavrão aqui no blog… principalmente no título… tive que recorrer a minha memória para sinônimos de orifício anal… e eu e meus amiguinhos achando que havíamos criado tal palavra… na verdade eu nem lembro exatamente quem começou esse papo de Brioco. Hm.

Imaginem minha surpresa ao buscar algum significado e descobrir que sempre estivemos certos… brioco é a palavra certa para se designar o orifício anal. É como se minha adolescência ganhasse um real significado já que achávamos a garota esnobe com cara orifício anal de um jeito camuflado que nem nós mesmos percebemos… A Brioco tinha cara de brioco!

Desculpe se eu me empolguei, é que falei tudo isso para contar a história abaixo…

Dia dos Namorados, que beleza, presentinho meia boca para esperar por horas na fila do motel pois é uma data especial né… Pagar um jantarzinho safado para depois passar a… faca (?) na moçoila… Aaaah, a vida de casal. Nunca precisei esperar na fila de motel e acho isso muito digno na verdade.

cara-de-cu-preacher

Tento imaginar a conversa no carro antes de entrar em um motel. Falam da sujeira do carro? Conta não paga? Mentiras e tal? “Eu te amo sabia?” Não sei, aguardarei exemplos nos comentários…

Imaginem a seguinte cena: o rapaz está se segurando a uns três meses… louco para trassar o brioco da moça. Com desculpas do tipo “poxa, a gente já está a X tempo juntos“, “não vai doer, te prometo” e o clássico “mas eu te amo”, o brioco da moça acaba sendo traçado.

O interessante é que se o brioco for negado o rapaz ficará com cara de orifício anal e até, se aceitar, a moça pode ficar com cara de orifício anal depois por uns dias

Nada de mamilos, o que é polêmico mesmo é o brioco! Nada contra, cada um faz o que quiser com a própria bunda! Mas que a mulherada cai nessa conversa cai… não reclamem se depois vocês tomarem no orifício anal

Ah, e Feliz Dia dos Namorados para todos… principalmente a quem conseguir o brioco da namorada! Ho Ho Ho!

Veja também


Rockerz

Irônico e inconveniente desde 1980.


Comente:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com *