Aberturas “massa” de jogos!

Algumas aberturas de jogos inspiram você a jogá-lo mesmo sem ter certeza se o jogo é bom ou não. Um bom exemplo é Wild Arms. Um RPG da mesma época do aclamado Final Fantasy 7, mas que sob alguns aspectos era bem mais divertido. Com 3 personagens cabeçudos com funções distintas, vilões clássicos de RPGs e cheio “cocitas” escondidas. Pena que… bem, deixem os pontos negativos pra lá. Não é esse o objetivo.

Dica do Roberto B.

As dicas abaixo são do Tristan



Gary

Gary é pai do Augusto e + 1.


Comente:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com *