Categorias
Games

O melhor da E3 2016

A E3 é necessário mas em um mundo extremamente online hoje criar um evento visando atender o consumidor no mundo todo era preciso que ele se transformasse nessa transmissão via YouTube. Confesso que achei bem melhor do que ficar caçando nota de jornalista pago para falar bem de todos os jogos de uma determinada marca ou, pior ainda, ver youtuber vendido dando gritinho a cada lançamento.

… pena que a única coisa que mais me animou mesmo foi o teaser do jogo do Kojima que não mostra nada além de Norman Reedus digitalizando em uma situação bem estranha… de resto… bem… Nintendo só mostrou coisas indies, Zelda (para NX e Wii U) e Pokemon, só. O uniforme do jogo do Homem Aranha para PS4 é uma das coisas mais horríveis que já vi fazerem com o herói, Batman Arkham VR vai pelo mesmo caminho, pode escrever o que falo. Resident Evil 7 não me animou nem um pouco, quero ver o que vão resolver da história já que a última vez que vi os zumbis eram o menor dos problemas. EA prometeu um monte de jogos ruins de Star Wars mas visualmente deslumbrantes, incluindo Battlefront 2 em 2018… sim, o jogo incompleto terá uma continuação incompleta. Final Fantasy XV irá durar cerca de 50 horas.

O que realmente importa que rolou na E3 2016 você confere os vídeos abaixo.

Quem venceu? Não sei dizer, a Sony deixou tudo meio desnivelado com a absurda quantidade de lançamentos para PS4, são vários títulos exclusivos de deixar o queixo cair. Para mim o grande destaque mesmo é Horizon Zero Down… jogo que eu não havia dado a mínima atenção e nem tinha procurado saber nada até ver o gameplay, visual impressionante, jogabilidade interessante e um tema extremamente criativo que permite uma trama que aborda um época pós apocalíptica cheia de robôs animais… mas nada muito novo também, é mais um jogo de ação em terceira pessoa.

Nem posso falar que estou decepcionado com a Nintendo pois eu não esperava nada deles mesmo… a empresa que fui fã não existe mais pelo visto. E você, o que achou da E3 deste ano?

Por Rodrigo Castro

Pai. Marido. Gamer. Colecionador. Desenha, pinta, escreve e bebe. Hippie que resolve tudo.

Depois de tentar escrever a sério viu que a vida é uma piada e largou a mão da mídia tradicional para virar um comunista que só lê gibis de super herói norte americano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.