Todos as publicações por OsChefe

Uma mente e um bigode brilhantes em uma mar de falta de luz, simplesmente superior.

Seu comentário é coisa séria

comentario.jpg

Farofeiros e farofeiras,

Como alguns poucos muitos amigos, ex-amigos e trutas poderão lhe dizer, nós aqui nunca soubemos lidar muito bem com comentários. Já fomos xingados, ofendidos, desafiados, perseguidos, bolinados e mais um outro tanto de assédios ocorreram contra nossas pessoas. Equivocadamente já tomamos decisões burras, houve uma época que eu mesmo decretei que esta pocilga virtual não teria mais comentários, mas voltei atrás. Recentemente discutimos por meses a implementação do sistema de comentários baseado em redes sociais, nunca fomos realmente convencidos de sua eficácia e bom andamento deste blog.

Então ficamos do jeito que estamos hoje, usamos um sistema próprio apenas autorizando manualmente os comentários, onde é necessário preencher seu e-mail e escrever apalavras concisas, e mesmo assim não deixamos de ser xingados, ofendidos, desafiados, perseguidos, bolinados e cutucados. Já tivemos que deletar de tudo, gente que acha que se comunica de maneira importante escrevendo “kkkkkkkkkk” ou “sei lah”. Nem preciso falar que acabamos excluindo uma infinidade de assassinatos ao coitado do português, não que eu escreva majestosamente, escrevo apenas magistralmente, mas me esforço para não matar a língua mãe.

Já foram publicados artigos que mereciam uma visão editorial mais elaborada, somos amadores que amam o que fazem e queremos continuar assim. Quer dizer, se pudéssemos ganhar algum dinheiro falando merda seria bem agradável. Porém, mesmo quando erramos editorialmente a culpa era nossa, logo seria normal ser xingado ou arrumar alguma confusão, mas essa semana a coisa toda mudou, se antes éramos xingados,ofendidos, desafiados, perseguidos, bolinados e apedrejados descobrimos que alguns leitores nossos podem fazer isso com outros leitores também.

Nesta semana tivemos um volume fora do nosso normal na fan page do Farofeiros no Facebook, é pouco movimento, mas para pobre qualquer esmola é válida. Um individuo respondeu categoricamente que uma outra leitora deveria “ir para a cozinha”, de imediato comunicamos ao Facebook tal abuso, mesmo assim não queríamos perpetuar por mais instantes uma estupidez dessas junto de nossos nomes então deletamos o comentário. Ao receber a análise da rede social ficamos surpresos em verificar que para eles mandar uma mulher “ir para a cozinha” não afeta seus termos de uso, com isso resolvemos sem perguntar ao individuo ou a agredida qualquer coisa, esse é um tipo de atitude que não aceitamos. Bloqueamos e expulsamos o individuo de nossa rede.

Se você é alguém que saca um comentário desrespeitoso, sem motivo e gratuitamente, meu amigo você não é nosso amigo e nem interessa sua audiência. É de gente estúpida assim que protegemos nosso blog e agora nossas redes sociais, se temos o direito de simplesmente não ouvir um imbecil simplesmente não o ouviremos. É importante que saibamos sua opinião, é importante que saibamos o que você pensa, desde que você seja um ser humano e não uma ameba.

A internet toda seria um lugar muito melhor para se conviver com menos babacas comentando babaquices.

Pensamento do Dia:Época triste a nossa. E mais fácil quebrar um átomo do que um preconceito!” – Albertinho Einstein


Razão e fé

pensamento-fe-razao.jpg

Farofeiros e farofeiras,

Não serei tão chato hoje, serei menos chato que os últimos dias, mas serei chato, mas não muito chato. Só um pouco.

Consegui não comentar quando um amigo contemplou uma mandala divina em uma palheta de cores, invocando a divindade e a luz que existia naquele amontoado de simbolismo. Nem enviei-lhe um pentagrama invocando a mesma descrição. Viram? Estou bonzinho de um jeito bom.

Mas esse fato me colocou a pensar, o quanto da ciência alguém precisa ignorar para se tornar um religioso ignorante, ver figuras sacras em alimentos podres e colocar a culpa de toda a existência, e como a mesma se formou, na vontade de concretização das palavras de um ser que ele não vê, não recebe ligações, mas te ama, sabe o que você fez de errado e vai te mandar para um caldeirão de óleo fervente se você não fizer o que ele te mandar. O discurso da alienação e até da esperar de um julgamento final, após a morte, e a devida retaliação dos infiéis em prol de um prêmio eterno, um lugar com paredes de ouro, me parece uma ideia muito pouco cristã. Mudei de assunto, não era nada disso que eu queria dizer.

O que penso e avalio com tristeza é a religião, ou a definição de lado espiritual, cegando a vida das pessoas para fatos já conotados pela ciência e que é fantasiada como alegação do inimigo. Não, a ciência não sabe tudo e nem explica tudo, mas não é por isso que ela é a visão mais inteligente para o universo e a humanidade. O bom senso não resolveria só o problema político brasileiro, o bom senso é o que resolveria todos os problemas do mundo e se religião é algo bom mesmo deveria ser o porta bandeira de tal ideia. O pensamento de que razão e fé podem andar juntos é bem pernicioso mas, como disse, o bom senso resolveria a pendenga.

Como alguém prega o amor ao próximo sendo que nem aceitar a religião alheia ele aceita? Onde está a razão nisso? Onde está a fé nisso? São conceitos tão divergentes que se unidos podem causar queimaduras de terceiro grau e ainda receber um vale exorcista para utilizar em sua residência, em horário comercial. Mas o seu deus não está dentro de você? Ou ele é um gigante barbudo que vive nas nuvens?

Penso que se sua fé ultrapassa as barreiras da razão, então a fé para você é muito mais do que você imagina em sua vida. E não, isso não é uma coisa boa, você será mais suscetível à alienação e a tudo que seu deus prometeu que você sofreria. Não estou dizendo para você deixar de ter sua crença religiosa, só estou dizendo que se você acredita que seu deus é algo que provém do amor, você deveria praticar o mesmo.

Pensamento do Dia: “O cosmos é tudo que é, jamais foi ou será.” – Enviado além-túmulo por Carl Sagan


A cultura da agressão

odio.jpg

Farofeiros e farofeiras,

Estou arrebatado por algo extremamente perturbador, algo que uma facção militar religiosa ou um bando de políticos se embasando em uma cultura machista e, novamente, religiosa podem explicar em algum cenário saído do filme 1984, mas não na realidade do Brasil de 2015, o país do futuro.

Na semana passada pude ler dois textos, um de Elaine Brum, indicado pelo nosso amigo Timbricius e outro de Stephen Hawking, e são com essas palavras em mente que vos escrevo um pensamento que deveria ser uma bronca, um tapa na bunda, talvez um beliscão. Usaria desses artifícios não violentos apenas para chamar sua atenção para a bosta que você anda fazendo por aí.

Redes sociais me irritam, me enojam e procuro ficar o mais distante delas possível, tanto que se me relaciono com alguém através dessas redes é de maneira particular, mesmo que não seja nada íntimo a privacidade e o teor da conversa só é interessante para mim e para quem precisa receber minha mensagem. Conta simples, estou usando um canal para passar uma mensagem para alguém, com nome, endereço, telefone e que provavelmente posso chamar de amigo.

O seu discurso político, homofóbico, cobrando seus direitos, obrigações de outros,

Elaborar um textão ou textinho apontando dedos invisíveis para pessoas que você quer atingir não é liberdade de expressão, primeiro é covardia, se você tem um problema com alguém você tem que ser ser humano o suficiente para resolver tal problema com uma conversa ou simplesmente ignorar o outro ser, isto é simples, faço isso com a maioria dos evangélicos que conheço. Em segundo lugar sua ignorância é tão absurda que não permite que você aceite uma opinião contrária a sua, sua arrogância e falsa autoridade deveriam ser auto questionadas e você, se for realmente da raça humana, deveria se esbofetear  com muita fé de que isso faça sua máscara egocêntrica cair.

Para ajudar, os destemidos formadores de opinião de redes sociais usam como rótulo a liberdade de expressão para vender um discurso de ódio, uma agressão gratuita. Se você apoia qualquer projeto de lei que deixa de apoiar qualquer minoria, seja em detrimento de sua sexualidade, religião ou raça, você já começa com um rótulo de imbecil. Pessoas que tendem serem contra tais apoios normalmente são pessoas que estão bem longe de sofrerem qualquer tipo de preconceito ou afronta a sua liberdade. Se você gosta da liberdade por que não vai apoiar a liberdade do próximo?

Você é religioso? Por que não ama o próximo como a ti mesmo? Você é hétero? Por que não apoia quem quer simplesmente ser feliz ao lado de quem ama? Você é homem? Por que não apoia a igualdade dos sexos?

Me falam que as redes sociais são ótimas. Devem ser ótimas para se vender refrigerantes, lançamento de filmes e mostrar o quanto uma pessoa consegue ser imbecil em diversas situações. Nada me tira da cabeça que a pessoa é tão arrogante que ela simplesmente mantêm o pensamento de que ela está certa 100% do tempo e o universo errado. Dizer o que pensa com a autoridade nula de alguém preconceituoso é uma mentira que o prepotente conta para si mesmo a todo o momento, sempre mostrando o quanto o universo está errado de não obedecer seus preceitos.

Mas algo que preciso lembrar a todos, pelo menos não li em nenhum lugar ainda, é que a forma estratégica de atingir alvos a esmo em uma rede social para amplificar o dano adotado terroristas, os mesmos que mandam seus jovens vestidos de bombas, enquanto você veste seu discurso sem pudor pronto para espalhar estilhaços apenas para ver outros sangrarem. Me surpreende muito alguns discursos religiosos, fazem exatamente o que os romanos fizeram com seu Jesus, aprenderam bem a lição.

Simplificando ainda mais me atenho ao exemplo de que em sua casa você faz o que quer. Atente que em sua casa você pode cagar na sala e limpar a bunda com o lençol do berço do seu filho. Você pode fazer isso, mas o faz?

Pensamento do Dia:A falha humana que eu mais gostaria de corrigir é a agressão. Isso pode ter sido uma vantagem nos dias do homem das cavernas para conseguir mais comida, território ou uma parceira com quem se reproduzir, mas agora isso ameaça destruir a todos nós.” – Stephen Hawking, o mesmo astrofísico que você foi ver o filme e achou bonitinho.

 


Qual o sentido?

sentido.jpg

Farofeiros e farofeiras,

Qual a verdade atrás da porta? Qual a razão de você acordar todo dia? Qual o motivo de sua raça ainda não ter sido extinta do planeta? Não me diga, esta é uma retórica apenas, como sempre, para entrar no assunto pertinente a este pensamento insólito.

Se há uma verdade é preciso que ela seja colocada a mostra para a devida apreciação geral. Se há uma razão ela precisa ser colocada à mesa para a sua confirmação, com todos os pontos e virgulas em cada lugar. Se há um motivo é preciso que nos convençam de que tal motivação é suficiente e/ou necessária para se viver. Mas e se não houver? Ou se for diferente de tudo que você imaginou?

Me coloco a devagar sobre a piada factível do evangélico chegando ao umbral espírita, a piada fica por conta de que o evangélico vai continuar indo à igreja para dar dinheiro, ou qualquer coisa que tenha valor, para o pastor. Infelizmente o contrário não poderia ser uma piada já que o evangélico não acredita em vida após morte, então não daria para ver o gigantesco tapa na cara que o espírita daria em sua própria cara com o pensamento de “que merda fiz de minha vida?”.

Mas independente de religião, crença, ou até mesmo a ausência dela, é bem pertinente pensar “que merda fiz de minha vida?” antes de ela acabar. O pensamento não é religioso e não necessita crença alguma, basta ter bom senso, sei que é pedir demais para pessoas que gritam em caps lock e marcam manifestações inexistentes em redes sociais. Mas acredite, tal pensamento é mesquinho e não vai lhe fazer mal, quer dizer, a não ser que você tenha como resposta “fiz vários funk e peguei umas novinhas”, aí meu amiguinho, mate-se.

Para ser justo eu darei minha resposta aqui, qual merda eu fiz da minha vida? Uma grande merda, era pouca merda mas resolvi aumentar a quantidade o quanto dava e, para finalizar, coloquei-a dentro de uma piscina bem funda e mergulhei de cabeça e sem equipamento de proteção em toda aquela merda pastosa.

Não, não sou um exemplo a ser seguido, sou o tiozão que morrerá em breve de cirrose e antes disso tentará vender os próprios órgãos no mercado negro para que pelo menos um caixão eu tenha. Mesmo assim não conseguirei arcar com as despesas da limpeza de toda merda que fiz. Desculpe.

Pensamento do Dia:Feminismo em redes sociais é muito bonito, você usa seu feminismo na hora de trocar o pneu do carro?” Xiii.


Eu sou o Batman

eu-sou-batman

Farofeiros e farofeiras,

Não, não sou o Batman, mas o vencedor do Oscars é e é isto que importa.

Mais alguém tem duvida de que o filme só é bom pela referência clara, pornográfica, descarada e obscena da relação do ator Michael Keaton teve com o herói Batman? Você provavelmente pode ter sido concebido após o lançamento do filme, mas em 1989 o traje com abdomen musculoso e bico do herói eram sombrios e aterrorizantes para os bandidos de Gotham City. Não acho que o herói fosse tão poderoso, acredito mais na ocorrência em série de bandidos com bunda mole na dita cidade.

Tim Burton não fazia filmes tão estranhos e, acredite, o filme era factível sem causar azia, ânsia ou mal estar! Mesmo com um Batman com torcicolo não haviam reclamações do tipo que ouvimos hoje em dia, de algo parecer real ou não. Sim, estou falando do Tim Burton que você conhece, sim estou falando do cara que cheira cola e cocaína ao mesmo tempo para ver se fica sóbrio.

O vencedor do Oscars, o tal do Birdman, seria então uma anedota real de Batman? É fato que Keaton largou a série cinematográfica do Batman pois ele não conseguia se olhar no espelho sem ver as orelhas pontudas de seu personagem, no lugar dele vieram Val Kilmer e George Clooney que, como posso dizer? Falar que é umpensamento terrível seria um elogio.

O filme não merecia um prêmio, quem merecia o prêmio era o ator pelas suas escolhas e atuações desde que largou o manto do vigilante vampiresco. Deixou de ganhar (mais) dinheiro, interpretou Besouro Suco, deu uns malhos na Kim Basinger, o que mais um ser humano precisa para viver neste universo? Atuar naquele medonho Robocop é que não precisava, não é mesmo?

Mas tudo bem, todos sabíamos que ao envelhecer, Michael Keaton está com 63 anos, era inevitável que Bruce Wayne caducasse de vez, Birdman é o Batman que nem o Tim Burton teve coragem de fazer e até o Hulk e a Gwen Stacy tiveram que aparecer para ajudar!É claro que a piada não podia sair muito barata e claro que Hollywood abraçou a ideia, bom marketing para eles mesmos no final das contas, mesmo porque ali eles só saem ganhando.

Ainda acho que Michael Keaton foi o melhor Bruce Wayne que já vimos nas telas, desculpe Adam West mas você perdeu, por pouco mas perdeu.

Pensamento do Dia:Eu sou o Batman” – COOPER, Sheldon … mas eu sou o Batman também! risos


O Batman reza para qual santo?

batman

Farofeiros e farofeiras,

Dentro da emergência do mundo urgindo nesta praga chamada de Carnaval para a promoção da putaria e principalmente para a lavagem de dinheiro público com o consenso popular lhes indago a questão mais vital que já me ocorreu dentro desta longa breve vida: para qual santo rezaria Batman?

Imagine a cena a seguir, Bruce Wayne desce para a bat-caverna, checa o bat-relógio, atualiza o bat-feed de notícias no bat-computador, coloca o bat-uniforme, pega o bat-terço, reza na bat-capela, e vai fazer mais uma ronda por Gotham City, protegido pelo seu santo de devoção.

Pergunto com real duvida, o Batman já rezou? Ele já foi pedir permissão para o padre para salvar Gotham ou só Jesus é o salvador? Já o vi passar por igrejas, acho que ele já lutou dentro de uma. Ele já pediu benção para algum religioso? Gritou “buda seja louvado” enquanto fazia justiça com as próprias mãos? Alguém já viu o Batman colocando um quipá na cabeça antes da máscara? Já o viram fazendo o sinal da cruz antes de pular de um edifício gigantesco? Acredito que o bat-móvel tenha um compartimento especial para deixar trabalhos para seus exús nas encruzilhadas de Gotham então? No dia de Natal ou Reveillon o Batman usa um uniforme branco? Sei que Batman não mata nem usa armas de fogo, mas qual religião é essa que prega você socar um bandido até ele ficar desacordado? Existem hóstias no cinto de utilidades? Bat-água benta? O dízimo de Bruce vai para qual pastor evangélico que criou sua própria seita? Seria a bíblia uma das arma que o herói usa para socar seus inimigos? Uma vez por ano ele vai à Meca? Ou Batman seria mais um seguidor de Thor?

A DC Comics Time Warner Company não cometeria o suicídio de apoiar uma religião e outra não, o que ela tenta fazer é deixar tudo intocado, afinal por quê nos preocuparíamos com uma história de quanto Bruce Wayne reza na sinagoga semanalmente?

Mas na verdadeira verdade o que ocorre é que Batman, o herói destemido, não reza. Na verdade ele é ateu, ele contempla o seu universo e o encara de frente, sem super poderes (mas com super investimentos financeiros), Batman não precisa de um deus, ele é seu próprio deus.

Será que você não deveria fazer o mesmo?

Pensamento do Dia:Quem te protege a noite: um barbudo mágico ou um cara vestido de morcego?


Chutei o balde

balde

Farofeiros e farofeiras,

Estamos em um abismo de pensamento. A cultura da diferença social que empesteia o capitalismo selvagem só faz aumentar o abismo entre o rico e o pobre, afinal o rico ganha com a ignorância e o pobre perde com ela. É simplesmente perfeito!

Leis não se aplicam a quem é arquiteta e fala ao celular enquanto dirige. Nem a juízes. Nem a ninguém que seja estudado. Na verdade o pobre nem poderia tentar isso pois está ouvindo funk dentro do transporte público sucateado. Mas não tem problemas, no fim de semana a classe média vai total comemorar o carnaval de rua e voltará de taxi usando um aplicativo do celular enquanto ouve funk ao ar livre em áreas nobres da capital.

A educação não vai bem? Culpa do governo. O governo não vai bem? Culpa de quem votou. Quem votou não sabe o que está fazendo? É melhor falar que vou sair do país no Facebook. Apontar o dedo é fácil quando a mídia ganha com tragédia. Ou você acha que o William Bonner ganha o mesmo salário quando não há uma catástrofe ou escanda-lo? Mas as revistas semanais dizem o contrário? Quais delas não estão devendo para o governo? Você fala bem de quem te favorece? O que te favorece é dinheiro ou oportunidade? Você colocaria em seu currículo que você é ganancioso e oportunista?

Juro que acreditava que ambição era algo bom e até importante para o ser humano, hoje mudei de ideia. O pensamento necessário mesmo para se viver nesse planeta é instinto de sobrevivência, você precisa matar a maior presa possível para conseguir se alimentar pelo máximo de tempo possível, afinal você não sabe quando verá algo fresco para comer novamente. Mas tudo bem, pois você pode baixar via torrent aquele desenho japonês chato sobre o jogo chato que fala que o amor a tudo supera, até a morte. Mas não use o cheque especial.

Sabe aquele pensamento que faz a pessoa falar “eu vi na tv”? Ele é nocivo e uma das melhores armas existentes. Quantas vezes sua mãe te mandou tomar um chá que ela viu na TV? Quantas vezes você deixou de viajar pois a previsão dizia que iria chover? Quantas vezes você viu o programa de TV ajudar uma pessoa? Quantas vezes nessa semana você foi no McDonalds? Quantas parcelas você ainda tem que pagar do Minha casa, Minha Vida?

Você vive em um sistema corrupto e que sai ganhando se o candidato azul ganhar, mas ganha também se o candidato vermelho ganhar. Sabe quem perde? Quem não sabe dizer a diferença entre uma aula de física e uma de educação física, aquele que nunca teve uma oportunidade de ter algo que todos os humanos deveriam ter: humanidade.

Pensamento do Dia:Caminhando e cantando eu compus a canção, alegre e contente amacei o papel e o joguei no chão. O policial me parou e avisou que eu não podia jogar nada no chão não, logo, como bom cidadão peguei o papel, mas não foi com a mão.” – só entendedores supremos entenderão.


Irritante

irritante

Farofeiros e farofeiras,

Terminar é preciso, começar não é preciso. É assim que me vem o pensamento antigo e de longa data que sempre volta com o passar do tempo, principalmente quando o presente não está mais no hoje e sim no passado, pois o hoje vira ontem e ontem não é hoje e está a um dia de distância de amanhã.

Não vou viajar no tempo pois sei que em 2015 não haverá nenhum carro voador neste planeta.

Mas gosto do pensamento de viajar em pensamento, mesmo que a viagem seja sentado na minha sala junto ao meu computador velho com um editor de texto suspeito e algumas letras como companhia em uma tarde de sol cheio de crianças irritantes sendo irritantemente felizes ao me irritar. Mas é normal ser irritante e me irritar, isso acontece com 99,99% de seres vivos neste planeta, e não nem todos eles são seres humanos. Alguns até fingem em ser, alguns até me enganam, mas todos são irritantes. E dentro do que é interior já que não esta do lado de fora já que a água é mole e a pedra é dura, vale mais a pena ficar com dois peitinhos na mão do que dois no sutiã, não é verdade mesmo?

O importante mesmo é manter o pensamento lógico e metódico dentro da instabilidade das moléculas estáveis que não existem pois eu não sei do que estou falando e não faço a menor ideia do real motivo de entender de lógica, afinal sou um ser lógico. E é lógico que eu sempre tenho razão em uma discussão, afinal sou lógico e tenho sempre a razão, não há palíndromos suficientes no mundo para refutar tal lógica do universo. Mas se entrarmos em questões físicas devo lembrar-lhes que as leis desta são diferentes para cara pessoa e para cada dimensão, afinal a gravidade gera muito mais força em mim, por isso que neste momento já estou deitando enquanto procuro o pensamento ideal para este dia irritante.

Devo confessar que dentro da calada da noite não é na um lugar, é um tempo e para ser bem sincero é um termo bem ambíguo para algo que tenta determinar uma circunstância temporal determinada, e isto é um pensamento que está me irritando faz tempo. Diversos tipos de pensamentos me irritam, mas é a falta deles que me deixa maluco.

Pensamento do Dia:Tem que ser muito barriga branca mesmo.”  – É mesmo!


A doença da saúde

saude

Farofeiros e farofeiras,

Se a ferida fosse para ser cicatrizada rapidamente os remédios não custariam tão caros, é importante para a indústria farmacêutica que você tome muitos remédios por muito tempo, mas é importante também que você não morra. É importante também que você tenha força o suficiente para trabalhar e conseguir de alguma forma o dinheiro para pagar pelos remédios, a saúde é cara e se você quer algo de graça provavelmente pegará uma fila interminável com a possibilidade de não ser atendido a tempo. Logo se você quer viver, você deve pagar o que pedem.

O pensamento não é novo e tão pouco é apenas uma teoria, afinal, você come mal, fica mais doente, toma mais remédios e todas as industrias ficam felizes pois você se esforça mesmo para dar seu dinheiro para eles por algo que você poderia ter grátis ou, na melhor das hipóteses, nem precisaria se mantivesse uma rotina mais saudável do que comer hambúrgueres gourmet com queijos que você nem sabe pronunciar o nome.

Tenho plena certeza que donos de hospitais são as melhores pessoas do mundo, afinal gastam uma fortuna para construir centros de diagnóstico e tratamento para milhares de pessoas por ano, desde que essa pessoa tenha dinheiro para pagar. E não me venha com o pensamento de que o seu plano de saúde cobre tudo, meu amigo, o seu plano de saúde não cobre nada e está sorrindo que você teve uma apendicite mas pagou o preço de duas cirurgias no coração e uma no cérebro. Ou quem sabe uma operação de troca de sexo.

Mesmo rezando para todos os santos para que a medicina consiga dar um jeito de dar cérebro para quem tem falta de neurônios confesso que dou risada desse sistema de saúde que temos, tudo no capitalismo é absurdo, vil e, obviamente, movido pelo dinheiro e cobiça. E você ainda é obrigado a ouvir coisas do tipo “você precisa ir para outra cidade para ser atendido”, “aqui não existem médicos bons nessa especialidade” e o absurdo geral que é “não temos médicos”. Não tem médicos pois não estão pagando o que querem, não vou entrar no mérito de ser justo ou não tal reivindicação, só gostaria de saber o que o doente tem com a cobrança salarial de determinada classe.

Pois é, agora lhe pergunto, em quem você votou na última eleição? O seu deputado está preocupado com a sua saúde ou com o salário dele? Estou falando, temos é que acabar com o capitalismo, não com a democracia.

Pensamento do Dia:Saiba quando correr!” – aí está uma boa dica que nunca sigo.


Viagem no tempo

viagem-no-tempo

Farofeiros e farofeiras,

A enormidade do universo é pouca para conter meu pensamento pensado desta semana que acabar de se iniciar mas já havia começado ontem, logo hoje já é amanhã pois já é o segundo dia da semana que começou hoje. Mas o ontem é hoje só que amanhã mas pode ser o amanhã que foi ontem no pretérito imperfeito do subjuntivo que nunca aprendi e provavelmente nunca usei, quiça ouvi ou li algo sobre isso ou realmente aplicado na prática dos futuros dos presentes.

Tenho a vontade de gritar o grito que soltei ontem, mas na verdade o ontem foi antes de ontem, o que gera o passado mas se eu continuasse gritando seria o presente, mas se eu continuar gritando até amanhã seria o futuro que vai virar o passado depois de amanhã e meu grito teria viajada no tempo direto para o futuro comigo junto, logo sou um viajante do tempo com o pensamento claro de deixar tudo mais claro mesmo que você seja assinante da Claro e esteja vivendo no escuro, pense que você está bem, pois seria muito engraçado se você fosse assinante da Vivo e estivesse morto.

Não quero polemizar pois, como sabem, sou uma pessoa de bem e confesso que não quero criar intrigas intrínsecas interagidas a partir do bolo de caneca que comi agora a pouco com o café de ontem pois estava com preguiça de fazer café hoje, logo o café viajou no tempo para saciar minha vontade de café e, como todos devem saber, o café viajante no tempo é muito melhor. Mas que fique claro que o pão de queijo viajante no tempo não é bom, independente do período que ele corra ele sempre acabará duro e indigesto, salvando-se apenas se ele for feito amanhã, mas aí você nem o teria feito então ele não viajaria no tempo. A não ser que o queijo viaje no tempo, queijo viajante no tempo é bom, mas é preciso apreciar com moderação.

Dentro do contexto do pensamento uniforme mas abstrato do cotidiano corriqueiro e despretensioso da classe média trabalhadora de latifúndios criados por sindicatos de esquerda que são corruptos junto com o governo de direita e que sozinhos não fazem nada mas juntos lavam a bunda, podemos dizer que o pensamento é bom, mesmo que seja ruim podemos dizer isso. Pensando bem, o que é bom que não é ruim? Poderíamos viajar no tempo para detalhar tal pensamento desconexo e procurar uma conexão mesmo que não exista conexão via cabo, a conexão discada é ruim mas é melhor do que nada. A nãos ser que você tenha 4G, aí a coisa fica boa, pelo menos até acabar seus créditos. Só não sei dizer se isso é futuro ou presente. Acho que vou ficar com o passado.

Pensamento do Dia:O jeito mais fácil de comprar comida por delivery é abrindo a geladeira


Lucro

lucro

Farofeiros e farofeiras,

Esta semana que passou foi importante por vários aspectos de minha deslumbrante e invejada vida mortal enquanto ser superior de uma superioridade muito superior à superioridade mortal. Diversos assuntos foram resolvido e outros foram enrolados, mas o importante é que aprendi o real sentido da sociedade ocidental: lucro.

Quando você viaja, você não quer descansar, você procura o lucro, quando você estuda você não quer saber mais, você quer um emprego que lhe dê lucro. Quando você trabalha, produzindo ou revendendo, você quer lucro. Pelos padrões de nossa sociedade para se ter sucesso é preciso que dê lucro, patrocinando a corrupção e a qualidade de qualquer coisa ou pensamento que surja, simplesmente pelo motivo da bufunfa da boa.

Mas imaginemos então um mundo sem lucro, sem dinheiro, você conseguiria viver em um mundo desses? Imagine-se com um carro de alta tecnologia na sua garagem, produtos sem prazo de garantia, tudo cedido pela sociedade para que você possa aproveitar o que a tecnologia pode lhe servir enquanto você escreve um romance ou ajuda na parte técnica no desenvolvimento de um sistema de refrigeração mais eficiente. Sem prazos, sem orçamentos. Fazer sem procurar o lucro. Fazer pelo bem da humanidade.

Todos devemos e podemos ter o que quisermos, mas sem a propaganda para gerar tal desejo e a tecnologia lhe fornecendo tudo o que você quer e precisa é uma ideia tão ruim assim? Viver a custa do trabalho escravo de chineses e de corrupção internacional é bom para você? É burrice o pensamento que existem divisões de fronteiras, a natureza e o nosso planeta é um só organismo, e se esse organismo luta contra ele mesmo estaremos fadados a sofrer diversos apocalipse bíblicos seguidos, mesmo que você não seja dessa religião.

Isso não é um pensamento hippie, é um pensamento avançado, afinal se eliminarmos o dinheiro não haveria assaltos, não veríamos corrupção e não precisaríamos pegar horas de trânsito para trabalhar feito um camelo por uma miséria de dinheiro por mês sendo que apenas 1% da população mundial domina 40% das riquezas do nosso planeta. E por falar em planeta, o crescimento desordenado e a exploração abusiva dos recursos naturais estão amplamente ligados ao lucro a qualquer custo. A natureza não vai suportar esse estilo de vida extrativista por muito tempo. Será mesmo que você quer viver em um planeta com recursos naturais esgotados, como a água nos reservatórios da grande São Paulo? Será mesmo que você prefere ter um iPhone novo do que um copo de água pura?

O mundo com dinheiro existe desde muito antes de você aprender a limpar a própria bunda, mas a tecnologia e fatores como religião e guerras impedem que pensamentos como este vinguem, porém agora temos a ciência e a tecnologia para sustentar tal sociedade. Não, não acho que seria tudo perfeito, mas seria bem melhor do que é hoje.

Pensamento do Dia:O futuro em breve será algo do passado.” – CARLIN, George

E para entender mais do que estou falando informe-se sobre o Projeto Venus e sobre o Movimento Zeitgeist.


O primeiro pensamento

o-primeiro

Farofeiros e farofeiras,

O primeiro pensamento que surgiu na face da terra pode ter sido de alguém desconhecido, não creio que algum personagem bíblico seja capaz de manter esse pensamento vivo, então simplesmente ignorarei tal versão como faço no meu dia a dia.

Não há resposta à questão de quem teria vindo primeiro, se o ovo ou a galinha, pois a resposta seria nenhum dos dois, o que viria antes seria o pai genético, talvez um avô biológico que provavelmente tinha escamas no lugar das penas e deve ter ficado bem surpreso quando saiu um ovo de suas cavidades baixas. Mas antes disso houve um avô do avô do avô que era uma minhoca com bico e deve ter ficado surpreso com o dia que acordou com um bico no lugar da boca. Mas para considerarmos um pensamento devemos nos focar em seres humanos apenas, pois se ficarmos em seus primos biológicos vamos ficar apenas com piolhos, comida e rock’n roll.

Então nos foquemos no primeiro ser humano, com cérebro avançado e com bem menos pelos do que seus pais biológicos, ele acorda e pensa. Pensando bem, focar no primeiro pensamento do primeiro ser humano também não é muito interessante. Afinal ele continuaria com o pensamento de piolhos, comida e rock’n roll.

Vamos refinar então o termo pensamento para o ser humano evoluído, e não um simples pensamento como abrir os olhos ou piolhos, comida e rock’n roll. O pensamento é algo importante, é uma ideia, não uma afronta a necessidade, mas que pode ser cheia de futilidade, ainda mais se falarmos dos certos e errados da caça de piolhos, comida e rock’n roll. O ser pode ser pensante mas não precisa pensar, talvez ele só agregue o que lhe interessa e os use de maneira q lhe satisfaz, o que é um certo tipo de inteligência, mas está longe de ser um bom pensamento.

Pensamento importante é aquele escrito por alguém importante e provavelmente ocupou seu tempo para pensar em coisas importantes e aí sim escrever algo que vem a ser um pensamento importante. Digo parar no sentido de ir para sua casa de campo sozinho com sua máquina de escrever para redigir um romance policial, um pensamento fútil e movido pela ganancia financeira, mas ainda sim um pensamento, sem importância, mas um pensamento. O que há de importante em cada pensamento não é a mensagem, mas sim se a informação chega até o seu público.

Não importa sua crença, os seres desse planeta sempre querem mais piolhos mesmo.

Pensamento do Dia:Ele gosta do Bolsonaro, mas é meu amigo.


O último pensamento

o-ultimo

Farofeiros e farofeiras,

Não, você não está livre desta série de intrépidas e ininterruptas aventuras do cotidiano imortal e imoral, também não comemoro o fato deste ser a última coluna do ano, este pensamento se refere aquele pensamento que falam que ocorre pouco antes de sua vida esvaecer, perto do velho do capuz te pegar, na hora em que você vai acertar as contas com o tinhoso, quando você está prestes a bater as botas.

Acredito piamente que se trata de uma piada o que dizem que sua vida passa como um flash na sua frente, se isso o fosse provavelmente teríamos uma enorme demanda de palavrões como últimas palavras de alguns seres humanos bem importantes na história deste planetinha nojento. Coisas do tipo “E não comi minha prima Bertha!” – Albert Einstein, ou “Fodam-se esses negões” – Martin Luther King, ou “O que eu tô fazendo aqui?” – Mahatma Gandhi, “Desejo o Ashton Kutcher!” – Steve Jobs, ou “Eu quero um iPhone.” – Nelson Mandela, ou “Adoro peperoni! – Asama Bin Laden, ou ainda “Odeio Calcutá!” – Teresa de Calcutá. É um pensamento interessante pensar o que esses pensadores pensariam em seus últimos pensamentos.

Imagine só morrer ao som de Blacked Eyed Peas, o ser prestes a cometer óbito deve pensar que deveria ter cometido suicídio antes de chegar até aquele local. Ou pior, imaginem o pensamento de quem morreu de forma desastrosa e impotente nos primeiros testes do Viagra? “O peito dói e o pinto nada?! AAAARRRGGGGHHHH!”

Mas qual seria o motivo então para que as pessoas fantasiem com esse último segundo de vida com tudo que fez e deixou de fazer em vida? Se você acredita em vida após a morte talvez seja interessante, mas talvez apenas, se sua vida foi uma merda é melhor nem tentar lembrar de pensamento algum mesmo. Se você não acredita em vida após a morte, afinal de contas por que se importar com um último pensamento? Do que adiantaria arrependimento, culpa ou até mesmo uma ofensa? O estrago já foi feito, você foi um babaca a vida toda e nesses últimos segundos de vida nada irá mudar isso. Sentar e relaxar a viagem é, sem duvida alguma, a melhor opção, mesmo se você não acredita em vida após a morte. Se bem que sempre teremos a chance de uma apocalipse zumbi.

Se você pudesse ter uma última lembrança antes de morrer, do que seria? Um aniversário? Uma transada? Um beijo? Aquele carinha que nunca te deu bola? O suor do trabalho bem feito? Eu simplesmente gritaria um palavrão e sorriria. Venci os mortais a muito tempo, chorem crianças.

E você, pensaria no que na hora derradeira?

Pensamento do Dia:Morte à quem inventou louça preta para banheiros.” – Enviado por Proprietário de Louça Preta para Banheiro.


Um poema de Natal

poema-de-natal

Farofeiros e farofeiras,

Lhes apresento minha comemoração de Natal
E nem vou lhes dizer que é banal
Pois não citarei o Papai Noel
Mas também não farei nenhuma piada com o Manoel

Este soneto será ensanguentado
E provavelmente alguém sairá com o nariz quebrado
Poderia até ser uma chacina policial
Mas os traficantes estão se escondendo no curral

Tenho vontade de gritar
Com todas as pessoas que desejo matar
Mas acabo gritando para todo lado
E acabo gritando com quem não é culpado

Sinto muita vontade de vomitar
Mas quando penso em regurgitar
Preciso escolher em quem mirar
Para não cometer o pecado de desperdiçar

A sociedade muda nessa época do ano
Hipocrisia que não para só em qualquer fulano
Declama exaltado do espírito de Natal
Mas no transito só faz referências a sexo anal

No dia da ceia a esposa dedicada
Faz sexo com o amante reclinada na escada
Durante a troca de presentes
O viciado cheira no banheiro contente

Minha raiva no Natal é frequente
Pela minha vida já passou muita gente delinquente
Tudo gente de péssima índole que deveria morrer
Mas sei que os puritanos irão me deter

Os reacionários partidários se dão as mãos
Mas depois vão dar amassos na traseira de um furgão
Fanáticos religiosos clamam pelo amor
Mas não tomam conta nem do próprio odor

Esse clima de Natal é exagerado
Mentiras, degustações, presente errado
Falsidade embalada laço
Quem tirará isso do meu percalço

Pensamento do Dia: Imagina um amigo secreto entre Bolsonaro, Malafaia, Zambizinha e Edir Macedo!


Pessoas e livros

pessoas-livros

Farofeiros e farofeiras,

Sem contar a enormidade do momento que se aproxima devo ressaltar os deveres e obrigações de quem cobra os deveres e obrigações de quem não cumpre os deveres e obrigações que deveria, não sou de cobrar, eu mando e pronto.

Não escrevo sobre pessoas ou filmes, escrevo sobre a vida, livros e pessoas pode estar inclusas nisso mas dificilmente serão protagonistas pois são coisas ignóbeis e estupidas demais para se lidar. Neste momento tenho diversos livros para lidar e diversas pessoas para me desfazer e, ironicamente, sempre procuro lidar com mais livros e devido aos meus deveres e obrigações, tenho que lidar constantemente com mais pessoas do que gostaria.

Você pode pensar que é algo novo, mas não, é um pensamento moderno, atual ou contemporâneo, é algo que aquele povo que vive isolado do mundo em casas feitas de madeira em locais absurdamente gelados e com o mínimo de infra estrutura fazem a muito tempo. Meu problema seria somente dinheiro, não teria o suficiente para manter meus luxos e necessidades apenas vendendo peles de esquilos mortos de maneira absurda e esfolados de maneira duvidosa.

Os livros fariam pilhas pelas salas e as pessoas não me encontrariam. Talvez pelas pilhas de livros nas janelas impedindo a entrada do sol, mas teria acesso à porta, afinal eu precisaria sair para comer um bom bife regularmente.

Não gosto de redes sociais, aliás, não gosto de nada de que seja social. Não que eu não goste de pessoas, amo diversas, mas falar que amo todas é hipocrisia hippie ou demagogia evangélica. Assim como os livros vivo longe dos de cunho religioso exaltado, até gosto de algumas religiões, de suas histórias nos livros, mas seus seguidores, as pessoas, fazem cada absurdo em nome da suposta fé que deixa tudo em péssimos lençóis.

Mas é claro que prefiro livros, estes posso escolher e destruir os que não gosto facilmente. Pessoas não, haveriam consequências que infelizmente não estou apto a encarar por pessoas que me desagradam tanto. Prefiro matar mortos-vivos em minha imaginação, é um meio mais produtivo do que lidar com pessoas que não quero lidar.

Creio sim que tudo é relativo e nesta época do ano a relatividade oscila de modo alarmante onde todos são bons, tanto pessoas como livros, afinal é o que esperam de você, não é mesmo caro lobo na pele de ovelha?

Pensamento do Dia:Não me compre presente de Natal, não vou te comprar presente de Natal.” – Já aviso, está avisado?